Vídeo mostra momento em que Compadre Washington é agredido em assalto

O artista segue internado após sofrer um ferimento na cabeça. Ele foi assaltado após apresentação na Virada Cultural em São Paulo

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 21/05/2019 9:34

Um vídeo divulgado pela imprensa e nas redes sociais mostra o exato momento em que o cantor e compositor Compadre Washington, do Grupo É o Tchan, foi agredido após ser assaltado na Rua Consolação, região central de São Paulo. Nas imagens de câmeras de segurança é possível ver o artista saindo de uma lanchonete acompanhado de duas pessoas, quando são abordados pelos bandidos. O crime ocorreu na madrugada de segunda-feira (20/05/2019).

Primeiro, um suspeito contorna uma banca de jornais e, rapidamente, mais ladrões aparecem e cercam as vítimas. Na discussão, Compadre Washington leva um soco e uma rasteira de um dos criminosos, cai com o rosto no chão e bate a cabeça.

Depois da ação, os criminosos fogem. Um deles, que estava com uma mochila nas costas, levou o aparelho celular do cantor. Em nota divulgada pelas redes sociais, a assessoria do cantor afirmou que, após a apresentação na Virada Cultural, ele esteve em uma lanchonete e foi assaltado na Rua da Consolação. “A produção da banda informou que o músico teve o seu aparelho de telefone roubado e sofreu uma queda que ocasionou um ferimento na cabeça, sendo prontamente encaminhado para uma unidade de saúde.”

Até a manhã desta terça-feira (21/05/2019), o músico seguia internado no pronto-socorro Hospital das Clínicas e sem informações sobre alta. O empresário do É o Tchan, Milton Menezes, afirmou ao G1 que apesar do susto, ele está bem. “Foi feito alguns exames e não foi diagnosticado nada com relação a nenhuma gravidade no cérebro nada, mas só foi um corte mesmo na cabeça”, comentou. O caso foi registrado no 78° Distrito Policial (Jardins).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Compadre Washington (@compadrewashington) em

Últimas notícias