*

Mara Maravilha rebateu os inúmeros comentários feitos em bastidores do SBT sobre Silvio Santos protegê-la em todas as situações. Sem trabalho na emissora, a famosa já esteve até no programa do Ratinho, de quem não é mais amiga, conforme deixou claro no programa Melhor da Tarde, de Catia Fonseca, na Band.

“Protegida de Silvio Santos?”, ironizou Mara quando questionada. “Sou protegida por Deus! Ele [o patrão] me corrige, ele não me dá tudo o que quero, me dá tudo o que preciso. Sinto que as pessoas têm muito ciúmes da relação minha com Silvio”, disse.

A apresentadora também explicou que não precisa “apagar a luz de ninguém pra brilhar”. Ainda no programa, Mara teve de dizer se curte ou não determinados artistas. Ratinho foi um dos contratados do SBT a quem a morena não curtiu. “Não vou curtir o Ratinho, do nada me tiraram na atração, justo quando eu mais precisava”, alegou.

A Eliana e Leo Dias, a morena destilou elogios. Mas sobre Chris Flores e Mamma Bruschetta, Mara se revoltou. O desentendimento com a comandante do Fábrica de Casamentos veio à tona novamente, e, mais uma vez, Mara se mostrou chateada, já que estava prestes a realizar seu casamento com Gabriel Torres quando Chris informou que a participação dela no programa não rolaria.

Mamma não escapou das críticas de Mara: “Tivemos um desentendimento”. Até Carlinhos Aguiar foi citado. “Ele foi no programa da Luciana Gimenez e falou um monte de coisas e eu pensei: ‘Essa não sou eu’. Eu não puxei tapete de ninguém. Mas hoje no camarim nosso relacionamento é bom”.

Garantindo não ser homofóbica, a morena entrou em assuntos polêmicos, inclusive sobre sua intimidade. Sincerona aos 51 anos, revelou odiar peças que a incomodam. “Às vezes não uso nem calcinha. Não gosto de nada me apertando”, garantiu.