Padre Fábio de Melo critica Bradesco e é disputado por concorrentes

Religioso reclamou que está há um mês sem o cartão de crédito e outros bancos usaram a criatividade para convencê-lo a mudar de conta

atualizado 23/05/2019 9:58

Com um dos perfis mais influentes nas redes sociais, o padre Fábio de Melo virou motivo de disputa entre bancos após um post que viralizou nessa terça-feira (21/05/2019). O religioso fez uma crítica ao Bradesco em sua conta do Twitter e provocou uma onda de mensagens de outras instituições financeiras para que o padre utilizasse os serviços delas.

“Estou há um mês com um cartão de crédito do @Bradesco bloqueado. Julgaram suspeito o estabelecimento da compra, uma loja de um shopping. Acabo de ser recomendado pela gerente a ter paciência. Conselho amoroso”, relatou. O Bradesco em seguida respondeu à reclamação. “Oi Padre. Pra gente conseguir te ajudar, preciso de alguns dados seus. Me envie seu telefone com DDD via DM”, dizia o texto automático.

Até seguidores do sacerdote tentaram ajudá-lo. “Padre, lhe indico o cartão de crédito da @nubank é simplesmente incrível”. Ele replicou. “Como faço para tê-los?”. Com uma reposta bem-humorada, a Nubank deu a dica. “Padre Fábio cheio de graça, venha conosco, bendita a hora que o antagonista te pediu paciência, e os clientes a nosso favor te orientaram. Seja bem-vindo a nossa família, olha a DM.”

O post repercutiu bastante e, até a manhã desta quinta-feira (23/05/2019) já contava com 17 mil curtidas e 1,5 mil comentários. Tamanho efeito resultou no convite de várias agências ao padre: Banco Inter, Sicoob, Banco do Brasil, Santander, Banco BS2, Itaú, Digio. Outras empresas como Salon Line e Peixe Urbano também entraram na “disputa” pela conta de Fábio de Melo.

Últimas notícias