*

O caso do juiz de São Paulo que decidiu liberar um homem que ejaculou no pescoço de uma mulher em um ônibus na capital paulista continua repercutindo nas redes. Nesta sexta-feira (1/9), famosos usaram seus perfis na internet para manifestarem repúdio à declaração do magistrado de que não teria havido “constrangimento tampouco violência” para justificar a soltura do criminoso.

A atriz Thaila Ayala, Sthefany Britto, Giovanna Ewbank, João Gordo, Fernanda Rodrigues e Preta Gil estão entre as celebridades revoltadas com o episódio. “Constrangimento é a sua decisão, sr. Juiz! Será que tem mãe, irmã, filha?”, publicou Sthefany Brito no Instagram.

“O maluco foi solto. Se um estranho chegar, do nada, e ejacular na minha mãe ou na sua mãe, na minha tia, irmão ou na sua avó não for crime, estamos todos ‘fudidos’… Estão gozando com a nossa cara? Não. Estão gozando na nossa cara mesmo irmãos. Só Deus pelo Brasil. Salve-se quem puder”, desabafou o sertanejo Luzas Lucco.

Rafa Brites preferiu uma imagem mais forte: publicou um vídeo de um seio esguichando leite materno contra um vidro. “E isso é constrangedor… Acordem Josés!”, provocou.

Confira algumas manifestações de artistas sobre o caso:

Julia Lemmertz

João Gordo

Absolutamente normal !

Uma publicação compartilhada por velho ranzinza (@jgordo) em

Fernanda Rodrigues

Tô sem saber o q escrever na legenda….🤦🏼‍♀️😭 #tatudoerrado #tristeza

Uma publicação compartilhada por Fernanda Rodrigues (@ferodriguesoficial) em

Rafa Brites

E isso é constrangedor…. Acordem Josés!

Uma publicação compartilhada por Rafa Brites (@rafabrites) em

Leandra Leal

Fernanda Lima

#joseeugeniodoamaralsouzaneto #vergonha

Uma publicação compartilhada por Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) em

Roberta Rodrigues

Sthefany Brito

Constrangimento é a sua decisão sr. Juiz! Será que tem mãe, irmã, filha? #inacreditavel #absurdo #nojento

Uma publicação compartilhada por Sthefany Brito (@sthefanybrito) em



COMENTE

 
instagramassédio sexualestupro

Leia mais: Celebridades