*

Após Anthony Rapp denunciar Kevin Spacey por assédio sexual, a CNN publicou uma matéria alegando que mais oito casos de comportamento inapropriado de Spacey foram reportados. As novas vítimas são pessoas que trabalham ou já trabalharam com o ator em “House of Cards”. Elas denunciam assédio sexual e um afirma ter sido estuprado por Kevin.

As vítimas pediram que o portal de notícias não divulgasse muitos detalhes para não serem identificados. A matéria aponta que ele abusava e assediava homens jovens. Além disso, várias pessoas que trabalham na série da Netflix sabiam das atitudes do astro.

Um assistente de produção contou a primeira vez que foi assediado por Spacey. Isso aconteceu quando ele buscou de carro o ator para levá-lo até o set de filmagens de “House of Cards”. No caminho, Kevin teria colocado as mãos na virilha do homem. “Fiquei em choque. Ele era uma pessoa poderosa na série e eu era alguém em uma posição baixa.”

Quando chegaram ao set, o intérprete de  Frank Underwood teria encurralado a vítima em um trailer e começado a tocá-lo de forma inapropriada. “Disse que não estava confortável ou concordando com aquilo.” Depois disso, o homem falou que o ator ficou frustrado e não voltou para as filmagens do dia.

“Não tenho dúvida de que esse comportamento era rotina e que minha experiência foi uma de muitas. Era um ambiente tóxico para homens jovens, fossem da produção, do elenco ou figurantes, que tinham de interagir com ele”, apontou o assistente. Além dos assédios frequentes, ele afirma ter sido estuprado por Spacey.

“O que eu não entendo é: todos da série precisam assinar uma cláusula que proíbe assédio sexual. Mas isso nunca se aplicou a Kevin”, contou outro membro da equipe de “House of Cards”. Uma ex-assistente de produção afirmou que muitos sabiam das queixas. Ela alega ter visto o artista dar apertos de mão e depois tocar a virilha de alguns homens.



COMENTE

 
#Assédiokevin spacey