*

O ex-integrante do grupo Polegar, sucesso dos anos 90, Ricardo Costa, fez um desabafo nas redes sociais na terça-feira (10/4). Atualmente, trabalhando em um food truck em São Paulo, o ex-músico tem passado por dificuldades financeiras e implora por ajuda no Facebook.

No post de súplica, Ricardo afirma ter os dois pneus de seu ônibus carecas, além de estar sem documentação de 2018. “[Estou] devendo três meses de aluguel, pensão, luz, água, agiota, fornecedores, não tendo condições de trabalhar”, diz. Em junho de 2017, ele foi preso por não pagar a pensão alimentícia do filho, acumulada em R$ 13,5 mil na época.

No desabafo, Ricardo revela as mazelas de seu trabalho e critica quem vê seu negócio como coisa de “vagabundo”: “Acabo de fechar o trabalho e vendi só um lanche. Estou me destruindo com minha situação […] Me esforço, luto, sou humilhado perante a quem devo, ameaçado. Trabalho todos os dias, de segunda a segunda, com chuva, sem chuva, das 18h às 1h30. Sou chapeiro, atendente, motorista, faço toda limpeza no final do expediente e ainda tem filho da p*** que fala: ‘Vai trabalhar, vagabundo'”.

Alegando ter chegado ao seu limite, Ricardo diz estar nesta situação há um ano e espera por uma oportunidade a fim de reorganizar a vida. “É vergonhoso e triste tudo isso […] Não tenho vergonha de falar e me expor, sou ser humano, como todo mundo. E peço emprestado ajuda, não quero dado e nem doado, quero ter o caráter e dignidade de pagar essa ajuda. Cansei, cheguei no limite”, diz.



COMENTE

 
FacebookdesabafoajudaPolegarsúplica

Leia mais: Celebridades