*

O dia agitado no Judiciário em decorrência da briga de braço péla soltura ou manutenção da prisão do ex-presidente Lula mexeu com o lado cidadão de Ângela Bismarchi. “Coincidentemente” em Curitiba, ela aproveitou para visitar a sede da Polícia Federal por lá, onde Lula está preso, e atualizar seus seguidores sobre a movimentação do local.

“Oi amigos! Coincidentemente estou aqui em Curitiba em frente à Polícia Federal. Não posso passar lá para frente, pois tem um bloqueio aqui do meu lado. Mas está tudo calmo. Lula até agora não passou por aqui”, escreveu, utilizando as hashtags “#lavajato” e “#lavajatoeuapoio”.

Mais tarde, ela voltou às redes para dar mais informações aos fãs. Justificou a escolha da cor do vestido para passar “disfarçada” pelas manifestações a favor do ex-presidente. “Vesti vermelho para pensarem que sou do PT. Mas eles aqui, na ‘casa’ do juiz Moro já não caem mais em armações. Não me deixaram falar com Lula. Os policias daqui me mandaram ler essa faixa e ponto final”, publicou. Na foto, aparece posando ao lado de uma faixa a favor da Operação Lava Jato.