Nutricionista ensina receitas para você fugir do whey protein com água

Sacudir a garrafinha ao sair da academia é passado. Marombeiro bom é marombeiro que usa a proteína em receitas saborosas para o pós-treino

O monstro saiu da jaula em 2017 e parte da sua dieta agora é em pó. Uma dose de Whey Protein antes da academia, ou depois, ou antes e depois. A orientação dos nutricionistas adeptos da proteína em pó, via de regra, é misturar a substância com água. Acontece que, de vez em quando, sacudir aquela “shakeira” não parece o melhor jeito de matar a fome.

Mas aumentar o consumo de proteínas não necessariamente precisa ser um sofrimento. Segundo a nutricionista clínica esportiva Dania Sánchez, o Whey Protein, que faz muita gente torcer o nariz, tem lá suas vantagens, como o alto teor de aminoácidos essenciais e a rápida absorção pelo organismo.

“A síntese proteica muscular pode aumentar em até 150% pela biodisponibilidade de aminoácidos essenciais. Além de otimizar a recuperação muscular, ele aumenta a imunidade e possui efeito antioxidante”, ensina a especialista.

Só porque você é marombeiro, no entanto, não significa que tenha esquecido o prazer de dar uma colherada cheia em um pote de brigadeiro. Tanto que se espalham em perfis fitness do Instagram e blogs receitas mirabolantes substituindo achocolatados e farinhas pela proteína em pó como alternativa a sobremesas gordas e ao insosso shake com água.

Whey Protein na panela
A dúvida aqui, no entanto, é se levar o suplemento ao fogo ou ao forno, em receitas de bolo e brigadeiro “fit”, anularia as propriedades da proteína. A resposta mais curta é: não.

“Ao aquecer o whey, ocorre um processo chamado desnaturação, que nada mais é do que a alteração da molécula proteica, podendo haver mudanças no arranjo dos seus aminoácidos e até o rompimento da cadeia molecular”, explica Dania. “Quanto maior a temperatura e o tempo que o whey for exposto à ele, maior será a desnaturação”.

Parece grave, mas, na verdade, a nutricionista explica que não, já que a própria digestão provoca a desnaturação da proteína para que ela seja absorvida pelo organismo. Não há, portanto, perda de proteína. No entanto, aquecer o whey leva à formação de substância oxidantes, o que, aí sim, enfraquece o poder antioxidante do suplemento.

Minha dica se você pretende usar o whey em receitas aquecidas é tentar expô-lo o menor tempo possível às altas temperaturas e aumentar o consumo de antioxidantes, presentes em frutas vermelhas, chá verde e castanhas”. Aumente também o poder detox do seu corpo. O suco verde e os vegetais verdes escuros são ótimos nesses quesito.

Dania Sánchez, nutricionista clínica esportiva

Mestre-cuca da maromba
Já que tudo bem fazer o whey protein de ingrediente, a nutricionista ensina algumas receitas para substituir a mistura com água vez ou outra, principalmente no pós-treino. “Depois do exercício, o organismo fica sedento por nutrientes a fim de reparar as micro lesões musculares e repor os estoques de energia. Principalmente os carboidratos e as proteínas de alto valor biológico, que otimizam essa recuperação”, explica.

Overnight proteico

Ingredientes:
2 colheres de sopa de semente de chia
2 colheres de sopa de aveia em flocos
200 ml de iogurte natural ou kefir de leite
1 scoop de whey protein de baunilha
1 colher de café de cacau em pó
4 morangos picados em lâminas
2 fatias de manga picadas
1 colher de sopa de coco ralado ou em lascas

Preparo:
Primeiro misture o iogurte, whey e as sementes de chia. Deixe descansar por 10 minutos. Em uma taça, coloque metade da mistura com o iogurte. Por cima, coloque o morango picado e finalize com uma colher de aveia em flocos e polvilhe com o cacau. Repita o processo, intercalando a mistura de iogurte e manga, mais aveia em flocos e cacau. Finalize com o coco ralado ou cacau nibs se desejar. Leve para a geladeira por pelo menos cinco horas para ganhar consistência.

Rendimento: 1 porção

Brigadeiro proteico

 

Ingredientes:
1/2 scoop de whey protein sabor chocolate
1 xícara de tâmaras desidratadas sem caroço
1/2 xícara de uvas passas pretas sem semente
1 colher de sopa de óleo de coco
Cacau em pó a gosto
1 xíxara de coco ralado

Modo de preparo:
Primeiro deixe as frutas secas de molho em água por aproximadamente uma hora. Escorra a água e leve as frutas ao liquidificador ou processador com os outros ingredientes até formar uma pasta. Deixe a massa na geladeira por uma hora para ficar mais firme e depois enrole untando as mãos com o óleo de coco. Passe os docinhos no coco ralado ou cacau nibs ou castanhas trituradas.

Rendimento: 10 brigadeiros

Mousse anabólico

Ingredientes:
100g de avocado ou abacate congelados – você pode congelar em saquinhos de dindin
1 banana prata madura congelada
1 scoop de whey protein de chocolate
1 colher de sobremesa de cacau em pó
1/2 colher de sopa de coco ralado

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador ou mixer, até obter a textura de um mousse. Acrescente um
pouco de água ou água de coco antes de bater. Finalize polvilhando o coco por cima.

Rendimento: 1 porção

Smoothie antioxidante

Ingredientes:
100g de amoras ou mirtilos congelados
1 banana pequena congelada
1 colher de sopa de aveia em flocos
1/2 colher de sopa de chia
200ml de água
1 scoop de whey protein sabor baunilha

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma textura cremosa e homogênea.