Bebida orgânica promete maior ação cognitiva e recuperação muscular

Quantum Leap chega ao mercado em latinhas de 269 ml e custa R$ 13, a unidade

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 24/04/2019 12:19

O mundo está cada vez mais competitivo, o que leva muitas pessoas a desafiarem seus limites. Pensando nisso, o Vale do Silício, nos Estados Unidos, já desenvolve cápsulas e alimentos “turbinados” para suprir essa necessidade de forma saudável. E o Brasil não está de fora dessa: chegou ao mercado a Quantum Leap, bebida orgânica da Essential Nutrition que promete impulsionar o corpo em tarefas do dia a dia.

Segundo uma das criadoras do produto, a médica Elisa Urban, o líquido acompanha tendências da sociedade e vem como uma alternativa aos refrigerantes, energéticos e estimulantes naturais. “O mindfulness [técnica de atenção plena] está cada vez mais popular e atitudes para administrar a energia são tão importantes quanto administrar o tempo”, explica. “O novo luxo é ser saudável e aproveitar a vida”, completa.

A análise da especialista não é para menos, uma vez que a pesquisa da Grand View Market prevê que as vendas de bebidas energéticas orgânicas atinjam 32 bilhões de dólares (equivalente a R$ 125,7 bilhões) em todo o mundo até 2025.

Assim, para suprir esse setor no Brasil, a Essential Nutrition apostou em ingredientes naturais como a cafeína pura (o que evita a sensação de ansiedade), gengibre tailandês (melhora a concentração por períodos longos), D-Ribose (carboidrato que aumenta a resistência a exercícios físicos) e palatinose – um açúcar indicado para diabéticos por ter baixo índice glicêmico, e que fornece energia física e mental por tempo prolongado.

Além disso, há a L-Taurina: ácido que garante conexões rápidas entre os neurônios, retarda o envelhecimento do cérebro, eleva o foco e diminui o estresse.

Atenção, pois nem tudo são flores
Apesar dos diversos benefícios que o Quantum Leap oferece, o bioquímico e fisiologista Moacir Rosa explica que o que garante os efeitos de bebidas desse tipo é a dosagem das substâncias – e não simplesmente o que elas prometem causar no corpo.

Segundo o especialista em bem-estar e emagrecimento, há muitos produtos no mercado com doses sem impacto algum. “Nos de chá verde, por exemplo, qual a dosagem de epigalocatequina-3-galato [composto químico importante na prevenção do câncer]? Muitas vezes são doses não terapêuticas, sem efeito para o organismo. Então é preciso olhar a fórmula amiúde antes de comprar”, orienta.

Últimas notícias