Conheça todos os mitos e verdades do hidratante em spray da Isdin

Veja nossa resenha do produto que é ideal para quem vive na correria do dia a dia e quer algo eficaz para o clima seco de Brasília

Quando fizeram uma pesquisa para saber por que muitas pessoas não passavam hidratante, mesmo sabendo de sua importância para a saúde da pele, os pesquisadores da Isdin tiveram uma surpresa. Descobriram que a falta de tempo era um fator decisivo para que elas se esquecessem de colocar o item na rotina de cuidados diários.

Daí, veio a ideia de criar o Ureadin Spray, o primeiro hidratante dermatológico em spray que absorve em segundos e hidrata durante todo o dia. De acordo com a marca, uma das ideias principais na hora de desenvolver a fórmula era levar em consideração que hidratação nem sempre tem a necessidade de ser pegajosa.

 

O que nós achamos: Em tempos de seca em Brasília, o produto é um verdadeiro aliado. O spray realmente auxilia na correria do dia a dia. Mas é preciso fazer algumas considerações. Embora ele pareça uma água termal, o produto é muito mais denso principalmente por causa de seu fator mega-hidratante. Por causa disso, a aplicação deve ser feita bem próxima da pele para que, ao posicionar o jato, você não deixe produto cair no chão, fazendo sujeira.

A fragrância é outro fator que pode não agradar todo mundo. Embora praticamente desapareça depois de um tempo, na hora da aplicação a essência fica bem evidente e pode brigar com o seu perfume do dia a dia.

Vale lembrar que a marca não recomenda a vaporização direta no rosto. Para hidratar essa área, eles sugerem que você coloque uma quantidade pequena na mão e logo depois aplique no local. Mas, atenção: o produto é extremamente hidratante, ou seja, quem tem pele oleosa pode preferir algo menos potente.

Duas dicas utilitárias são: aplicar dias depois de pegar sol, para conservar o bronze, e em áreas do corpo que são constantemente mais ressecadas como joelhos e cotovelos.