Política
Executivos da Queiroz Galvão se calam na PF

Eles são acusados de pagar R$ 10 milhões ao ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra para barrar a CPI da Petrobras em 2009, de pagar caixa 2 para a campanha do ex-presidente Lula em 2006 e de participar do cartel que dividia licitações na Petrobras e pagava propinas a dirigentes da estatal e políticos

Últimas notícias