*
 

O Núcleo de Combate à Tortura (NCT) e a Promotoria de Justiça Militar do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deflagraram, na manhã desta quinta-feira (7/12), a operação Cruciatus. Estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão, conforme autorizado pela Auditoria Militar do Distrito Federal. O alvo são nove PMs.

Vários crimes são investigados, principalmente de tortura e extorsão militar, atribuídos a alguns policiais que compõem o Grupamento Tático Operacional (GTOP) do 21° Batalhão da PMDF, em São Sebastião.

Três vítimas relataram ter sido alvo dos acusados. A exigência de armas de fogo das vítimas para que não fossem autuadas por flagrantes forjados de posse ou tráfico de drogas foi um ponto em comum nos depoimentos. Além disso, as pessoas ouvidas relataram espancamentos cometidos pelos suspeitos.

A PM informou que a operação foi deflagrada pelo MP em conjunto com a corregedoria da corporação para o cumprimento dos mandados de busca e apreensão. Cruciatus significa maldição da tortura, prática voltada a impingir dores psicológicas e físicas.

 

 

 

COMENTE

MPDFToperaçãoGtopCruciatus
comunicar erro à redação

Leia mais: segurança