Whey protein: o que é, quais são os tipos e como tomar

O suplemento serve para aumentar a massa muscular e também pode ser usado em regimes de emagrecimento

atualizado 01/10/2021 16:33

Whey proteinGabriel Vergani / EyeEm/ Getty Images

O whey protein é um suplemento obtido através da proteína do soro do leite de vaca, ovelha ou cabra, que é muito utilizado para complementar a dieta, especialmente por quem quer ganhar peso ou massa muscular. Ele ajuda na produção de músculos, além de melhorar o rendimento durante os exercícios físicos e a recuperação após os treinos.

Por ser uma proteína de ótima qualidade, o whey protein tem propriedades antioxidantes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e a prevenir o envelhecimento precoce, além de contribuir para o controle da fome.

Como tomar

O whey protein pode ser encontrado em farmácias e lojas de suplementos alimentares. A quantidade a ser tomada depende de fatores como idade, peso e estado geral de saúde. No entanto, a recomendação geral de ingestão é entre 20 a 40 gramas por dia, que podem ser diluídas em água, sucos ou adicionadas a frutas picadas.

O whey protein deve ser consumido 30 minutos antes ou após o treino.

A ingestão de altas quantidades de proteínas pode sobrecarregar os rins e, por isso, a suplementação com whey protein só deve ser feita sob a recomendação de um nutricionista ou nutrólogo.

Para que serve o whey protein

Por ser um suplemento de proteínas de alta qualidade, o whey protein fornece diversos benefícios para a saúde:

  • Aumenta a força e o rendimento durante os treinos;
  • Melhora a recuperação do músculo no pós-treino;
  • Aumenta a produção de proteínas e de músculos;
  • Previne o envelhecimento precoce;
  • Ajuda no emagrecimento;
  • Fortalece o sistema imunológico.

É importante lembrar que para obter esses benefícios, é fundamental manter uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos regularmente.

Tipos de whey protein

Existem 3 tipos de whey protein, que variam de acordo com a maneira de produção e a quantidade de proteínas, carboidratos e gorduras presentes no suplemento alimentar:

  1. Whey concentrado: é um suplemento que passa por um processamento mais simples, e que também contém carboidratos, gordura, lactose e minerais. Em geral, a concentração de proteínas deste tipo de whey é em torno de 80%, sendo recomendado para quem não tem intolerância à lactose problemas de digestão e não precisa restringir as calorias da dieta;
  2. Whey isolado: é a forma mais pura da proteína do leite, contendo acima de 90% de proteínas e pouca, ou nenhuma, quantidade de lactose. Este tipo de whey é recomendado para quem tem intolerância à lactose, dificuldade de digestão ou quer iniciar uma dieta para perda de peso, pois contém menos carboidratos e gorduras;
  3. Whey hidrolisado: este tipo de whey contém alto teor de proteína e passa por um processo no qual as proteínas são quebradas, facilitando sua absorção. É indicado para quem tem intolerância à lactose, problemas digestivos ou planeja fazer uma dieta com restrição em gorduras e carboidratos.

O tipo de whey protein recomendado varia de acordo com os objetivos e o estado de saúde da pessoa. Para saber como escolher o melhor tipo de whey, deve-se consultar um nutricionista ou nutrólogo.

Whey protein engorda?

Cada 1 grama de proteína fornece 4 calorias, por isso, quando consumido em excesso, o whey protein pode engordar.

Da mesma forma, se associado a uma alimentação inadequada e sedentarismo, o consumo de whey protein também pode engordar.

0
Efeitos colaterais e contraindicações

O consumo excessivo de whey protein pode causar sintomas leves como gases, náuseas, cólicas, diminuição do apetite e dor de cabeça, ou, em casos mais graves, pode sobrecarregar os rins, causando insuficiência renal.

Pessoas com alergia à proteína do leite não devem consumir o whey protein. Já pessoas que possuem algum problema no fígado ou rins, devem consultar um médico antes de iniciar o uso do suplemento. (Com informações do Tua Saúde

Últimas notícias