Veja 10 alimentos que contribuem para a saúde do coração

Consumo regular de alguns alimentos consegue ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares

atualizado 14/12/2020 21:42

Getty Images

Incluir alguns alimentos no cardápio diário contribui para a saúde do coração. Ricos em substâncias antioxidantes, fibras e gorduras boas, eles ajudam a diminuir o risco de doenças cardiovasculares, como pressão alta, acidente vascular cerebral (AVC) ou infarto.

Para manter a saúde do coração em dia, é importante, também, evitar o consumo de alimentos ricos em açúcar, farinha branca e gorduras ruins.

Além de prestar atenção ao que vai para o prato, a prática de atividades físicas deve ser cumprida pelo menos três vezes por semana. Os exercícios trazem muitos benefícios à saúde, pois estimulam a circulação sanguínea e melhoraram a condição cardiovascular.

Veja aqui 10 alimentos que fazem bem ao coração:

1. Azeite de Oliva Extra Virgem
O azeite extra virgem é rico em gorduras boas e antioxidantes, que aumentam o colesterol bom e reduzem o colesterol ruim, melhorando a circulação do sangue e ajudando a prevenir aterosclerose. Para incluí-lo na dieta, pode-se adicionar uma colher de sopa do azeite por cima da comida no almoço e no jantar. Também é possível utilizá-lo para temperar salada ou fritar ovos, por exemplo.

2. Vinho tinto
A bebida é rica em resveratrol, um polifenol antioxidante que ajuda a reduzir problemas como doenças cardíacas, melhora os níveis de colesterol e diminui a inflamação do corpo. O resveratrol também está presente nas sementes e na casca de uvas roxas e no suco integral de uva. O ideal é consumir uma taça de vinho tinto por dia.

3. Alho
O alho é usado há muitos séculos como alimento curativo, e seus principais benefícios são manter a saúde dos vasos sanguíneos durante o envelhecimento, ajudar no controle da diabetes e do colesterol, reduzir a pressão arterial, prevenir câncer de próstata e atuar como antifúngico.

4. Linhaça
A linhaça é uma semente rica em fibras e ômega-3, um tipo que ajuda a reduzir o colesterol, melhorar a circulação do sangue e diminuir inflamações no corpo. A linhaça deve ser consumida na forma de farinha, pois o intestino não consegue digerir a semente inteira. Também há a opção de usar suplementos em cápsulas com óleo de linhaça.

Quando se consome a semente toda, suas fibras permanecem intactas, ajudando a combater a prisão de ventre. A farinha de linhaça pode ser adicionada sobre frutas no café da manhã ou nos lanches, colocada em iogurtes, saladas e vitaminas.

5. Frutas vermelhas
Frutas vermelhas, como morango, acerola, goiaba, amora, jabuticaba, melancia e ameixa, são ricas em antioxidantes que ajudam na prevenção da aterosclerose, doença que entope os vasos sanguíneos ao longo do tempo e que pode provocar problemas como infarto e AVC.

Além disso, essas frutas também são ricas em vitamina C, licopeno, vitaminas do complexo B e fibras, nutrientes que ajudam na prevenção de problemas como câncer e envelhecimento precoce.

6. Aveia
A aveia é um grão bastante rico em fibras, que ajuda a controlar o colesterol, a pressão sanguínea e a glicemia (açúcar no sangue). O consumo também estimula o funcionamento intestinal e a manutenção de uma flora saudável, o que é essencial para prevenir doenças como câncer. O ideal é consumir de uma a duas colheres de aveia por dia, que pode ser incluída em vitaminas, saladas de frutas, mingaus ou receitas de bolos e biscoitos.

7. Tomate
O tomate é muito rico em licopeno, um dos mais poderosos antioxidantes que atuam no organismo. O licopeno está disponível principalmente quando o tomate é aquecido, como é o caso dos molhos de tomate. Usar o tomate na alimentação é muito fácil, pois ele se encaixa em diversos tipos de saladas, cozidos, sucos e molhos, combinando com praticamente todos os tipos de pratos.

8. Sardinha, atum e salmão
A sardinha, o atum e o salmão são exemplos de peixes ricos em ômega-3, nutriente que está presente na gordura dos peixes de água salgada. O ômega-3 é uma gordura boa, que ajuda a regular os níveis de colesterol, prevenindo a aterosclerose. O indicado é incluir esses peixes na alimentação pelo menos três vezes por semana.

9. Chocolate amargo
O chocolate amargo, a partir de 70% de cacau, traz benefícios para a saúde por agregar gorduras boas e antioxidantes para o chocolate. Esses nutrientes atuam no organismo melhorando a pressão arterial, prevenindo a formação de placas que entopem os vasos sanguíneos e regulando os níveis de açúcar no sangue. A recomendação é consumir três quadradinhos de chocolate amargo por dia, o equivalente a cerca de 30 g.

10. Abacate
O abacate é rico em gorduras boas, capaz de aumentar o colesterol bom e reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue. A fruta também é rica em carotenoides, potássio e ácido fólico, nutrientes que melhoram a circulação do sangue. O abacate pode ser usado em vitaminas, saladas, ou consumido na forma de guacamole, receita salgada deliciosa que tem a fruta como base. (Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias