Testes da vacina contra a Covid-19 no DF começam na quarta-feira (5/8)

Hospital Universitário de Brasília aplicará fórmula desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em dez voluntários

vacina Corono no Hospital das Clínicas de São Paulo.Governo do Estado de São Paulo

atualizado 01/08/2020 16:39

A Universidade de Brasília (UnB) e o Hospital Universitário de Brasília (HUB) iniciam na quarta-feira (5/8) os ensaios clínicos da fase 3  para testar a eficácia da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac Biotech. Os testes no Brasil são coordenados pelo Instituto Butantan, de São Paulo, e foram autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A vacina do estudo será aplicada em duas doses, com intervalo de 14 dias, em 10 voluntários. Segundo a UnB, os resultados apresentados na fase 2 de desenvolvimento foram considerados promissores e demonstraram a produção de anticorpos neutralizantes em 90% dos participantes que receberam a imunização.

A pesquisa será realizada no Hospital Universitário e conta com uma equipe multiprofissional especificamente dedicada ao projeto. Ao todo, 850 voluntários, profissionais de saúde que trabalham no atendimento a pessoas com Covid-19 no DF, receberão a candidata à imunização.

O HUB preparou a infraestrutura para acolher adequadamente os participantes e o projeto será desenvolvido seguindo rigorosamente as normas nacionais e internacionais de boas práticas em pesquisa clínica.

Voluntários
Os principais critérios que os profissionais de saúde devem cumprir para ser considerados candidatos a participar do estudo são: trabalhar em serviço de saúde atendendo pessoas com Covid-19; ser maior de 18 anos; não ter sofrido infecção assintomática ou a doença causada pelo Sars-CoV-2; apresentar condição de saúde normal; e ter disponibilidade para realizar o acompanhamento periódico por um ano após a vacinação.

Na próxima semana, será disponibilizado uma página web interativa na qual os profissionais de saúde poderão se voluntariar para participar do estudo.

0

 

Últimas notícias