metropoles.com

Substância presente no vinho pode ajudar no tratamento da Covid

Pesquisa descobriu 28 ativos naturais com potencial para combater a doença, entre elas estão os flavonoides e o reservatrol

atualizado

Rafa Elias/Getty Images

Um artigo de revisão científica publicado por pesquisadores chineses na revista Phytotherapy Research indicou 28 substâncias naturais que têm potencial para tratar a Covid-19 por atacar proteínas críticas do vírus. Entre as funções dos compostos analisados, estão a capacidade de inibir a invasão celular e a replicação viral, bem como aumentar a imunidade frente ao vírus e reduzir inflamações provocadas pelo patógeno no corpo. Entre os ativos estudados, estão os flavonoides e o resveratrol, presentes no vinho tinto.

Os cientistas utilizaram os principais reservatórios de pesquisas internacionais e o registro chinês de artigos clínicos para identificar quais substâncias naturais já foram estudadas para o tratamento de Covid. Os trabalhos coletados compreendem o período de janeiro de 2020 até abril de 2022.

Os resultados mostram que compostos naturais podem potencializar tanto a prevenção como o tratamento da doença. As substâncias mais promissoras são os flavonoides, polifenóis, esteróis, politerpenos e lactonas, que estão presentes em vegetais e frutas.

O resveratrol, antioxidante encontrado principalmente nas uvas pretas, foi um dos bioativos estudados. Ele está presente no vinho tinto e possui ação anti-inflamatória. Os pesquisadores acreditam que ele poderia ser usado para reduzir os sintomas da Covid.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

Outros potenciais aliados são a curcumina, presente no açafrão, a nicotinamina, que faz parte da família da vitamina B3, e a epigalocatequina gelato, que é encontrada no chá verde.

No entanto, antes de serem aproveitadas, mais pesquisas precisam ser realizadas para avaliar critérios de segurança e eficácia.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.






Quais assuntos você deseja receber?