Sensação de cabeça pesada? Conheça sete razões para o incômodo

Sintoma costuma aparecer depois da ingestão de grandes quantidades de bebida alcoólica, mas pode estar relacionada a problemas de saúde

atualizado 01/01/2020 13:59

StockSnap/Pixabay

A sensação de cabeça pesada é um desconforto relativamente comum, que normalmente surge devido a episódios de sinusite, pressão baixa, hipoglicemia ou após a ingestão de grandes quantidades de bebidas alcoólicas, por exemplo.

No entanto, quando é acompanhada de tontura e mal-estar pode indicar problemas mais sérios, como labirintite ou distúrbios de visão.

Assim, quando esta sensação é constante e aparece acompanhada de outros sintomas, recomenda-se consultar um clínico-geral ou neurologista para investigar a causa. O tratamento deve ser indicado pelo médico e depende do diagnóstico da doença.

As principais causas de cabeça pesada são:

1. Sinusite
A inflamação acontece nos seios da face, que ficam ao redor do nariz e dos olhos e na região do crânio. Essas estruturas são compostas de ar e têm função de aquecer o ar inspirado, diminuir o peso do crânio e projetar a voz. Entretanto, quando ficam inflamadas, devido a infecções ou alergias, elas acumulam secreções, que dão a sensação de que a cabeça está pesada. Outros sintomas da sinusite são: nariz entupido, secreção amarela ou esverdeada, tosse, olhos ardendo e até febre.

O que fazer: ao surgirem os sintomas, deve-se consultar um médico para receitar medicamentos que aliviem a dor e reduzam a inflamação e também antibióticos, se a causa for bacteriana. Também é importante beber bastante líquido e lavar as narinas com soro fisiológico, pois ajuda a amolecer e a eliminar as secreções acumuladas.

2. Pressão baixa
Também conhecida como hipotensão, é uma situação que acontece quando a pressão arterial fica muito baixa devido à redução do fluxo de sangue no coração. Geralmente, a pressão é considerada baixa quando os valores estão inferiores a 90 x 60 mmHg, ou 9 por 6.

Os sintomas desta alteração podem ser cabeça pesada, visão embaçada, tontura e náuseas e acontecem por causa da diminuição de oxigênio no cérebro. Mudanças bruscas de posição, uso de anti-hipertensivos, alterações hormonais, anemia ou infecções são algumas das possíveis razões.

O que fazer: na maioria dos casos, a pressão baixa se resolve deitando a pessoa e elevando as pernas. No entanto, se os valores forem muito baixos é necessário procurar atendimento médico rapidamente — pode ser necessário aplicar medicação ou realizar procedimentos para normalizar a pressão. Pessoas que têm pressão alta e usam medicamentos devem fazer acompanhamento médico, pois, em alguns casos, a pressão baixa pode ser efeito colateral dos anti-hipertensivos.

3. Hipoglicemia
A diminuição dos níveis de açúcar no sangue, geralmente abaixo de 70 mg/dl, provoca tontura, náuseas, sonolência, visão embaçada, suor frio e cabeça pesada. Em situações graves, pode levar ao desmaio e à perda de consciência.

Os sintomas de hipoglicemia podem surgir após jejum prolongado, prática de atividade física sem se alimentar, ingestão excessiva de álcool, aumento da dose dos medicamentos para controlar a diabetes por conta própria, administração de insulina de ação rápida sem ter comido ou uso de alguns tipos de plantas medicinais, como babosa e ginseng.

O que fazer: ao surgirem os sintomas de hipoglicemia, é necessário consumir imediatamente alimentos e bebidas com alto teor de açúcar, como mel, suco de caixinha ou dissolver 1 colher de sopa de açúcar em um copo de água. Nos casos em que a pessoa desmaia e fica inconsciente, deve-se ligar imediatamente para o Samu, no telefone 192.

4. Problemas de visão
Alguns problemas oculares provocam sensação de cabeça pesada, além de visão embaçada, sensibilidade à luz, tremor, vermelhidão e lacrimejamento nos olhos. Estes problemas podem ser provocados por diferentes motivos, desde causas genéticas até hábitos ou estilo de vida. As alterações mais comuns conhecidas são miopia, hipermetropia e astigmatismo.

O que fazer: o diagnóstico dos problemas de visão é feito por um oftalmologista e o tratamento principal consiste no uso de óculos com lentes de grau. No entanto, alguns hábitos podem aliviar os sintomas e ajudar a melhorar a visão, como usar óculos de sol para evitar os efeitos nocivos dos raios ultravioletas e evitar ficar muito tempo em frente à tela de TV ou computador.

5. Uso de remédios
Geralmente, os remédios usados para tratar a depressão causam cabeça pesada no inicio do tratamento, mas ao longo do tempo esse sintoma desaparece, pois o corpo vai se acostumando. É importante não abandonar o tratamento nos primeiros dias.

O que fazer: se ao tomar medicamentos deste tipo, ou qualquer outro, surgirem os sintomas de cabeça pesada, tontura e náuseas, é necessário comunicar o médico que fez a receita e seguir as recomendações.

6. Labirintite
A inflamação do labirinto, órgão que fica dentro da orelha e é responsável pelo equilíbrio do corpo, pode desencadear sintomas como cabeça pesada, tonturas, desequilíbrio, problemas de audição e vertigem. Esta inflamação pode ser provocada por vírus, bactérias, alergias ou pressão alta, no entanto, nem sempre tem uma causa específica.

O que fazer: se estes sintomas forem muito frequentes, é preciso consultar um otorrinolaringologista para realizar exames e definir o diagnóstico correto. O tratamento, na maioria das vezes, consiste no uso de medicamentos para aliviar os sintomas.

7. Estresse e ansiedade
Os sintomas de estresse e ansiedade mais comuns são coração acelerado, cabeça pesada, suor frio e problemas de concentração, e podem piorar com o tempo caso não sejam tratados.

O que fazer: é importante adotar medidas que promovam o bem-estar e seguir acompanhamento com psicólogo, fazer acupuntura, meditação e atividades físicas. Quando os sintomas não desaparecem mesmo com a mudança do estilo de vida, é preciso consultar um psiquiatra que poderá recomendar o uso de medicamentos antidepressivos e ansiolíticos. (Com informações do portal Tua Saúde)

Últimas notícias