Saiba quais são as doenças transmitidas por cachorros

Eles são tão fofinhos e amáveis, mas vivem em contato com microorganismos como vírus, bactérias e parasitas. Evite lambidas e beijos

atualizado 26/03/2019 18:49

Cachorro com donoRasulovs, Istock

A saudável convivência entre humanos e cães pode representar riscos à saúde, caso não sejam tomados certos cuidados. Os cachorros podem transmitir doenças porque eles estão sempre em contato direto e frequente com bactérias, vírus e parasitas no chão e no ambiente externo.

Leptospirose 
A leptospirose é uma doença infecciosa grave causada por uma bactéria que afeta diretamente o fígado. A transmissão normalmente acontece por meio da urina do rato. Caso o cachorro tenha contato com essa urina, o risco de infecção é alto, pois a doença é contraída pela penetração da bactéria nas mucosas – boca, língua, olhos e ferimentos abertos.

Se o bicho estiver doente, o dono pode ser contaminado por ele. Nesses casos, o cachorro deve ser encaminhado ao veterinário, e a pessoa deve ir ao médico. O tratamento pode ser feito com uso de antibióticos.

Doença de Lyme 
A doença de Lyme é causada pela mordida de um carrapato, que pode estar presente em animais domésticos, principalmente, em cachorros. A cantora Avril Lavigne ficou meses afastada dos palcos por conta da doença.

Pessoas infectadas desenvolvem um quadro febril até 30 dias após a picada. Os primeiros sintomas são uma mancha vermelha no local mordido, cansaço, febre e dor de cabeça. A doença pode ter sequelas, caso não seja tratada corretamente, incluindo desenvolvimento de artrite e problemas graves no sistema nervoso central.

Raiva
A raiva humana é uma doença viral transmitida por meio da saliva dos cachorros, pela mordida de gatos, morcegos e guaxinins. A doença compromete o sistema nervoso, gerando espasmos musculares e salivação intensa, por exemplo. Caso a pessoa seja mordida, especialmente por cachorros de rua ou que não tenham sido vacinados, ela deve procurar um médico imediatamente para tomar a vacina contra a raiva e avaliar a necessidade de um tratamento mais específico.

Infecção pela bactéria Capnocytophaga canimorsus
Capnocytophaga canimorsus é uma bactéria presente na gengiva de cães e gatos, que pode ser transmitida para pessoas por meio de lambidas e arranhões. A bactéria provoca infecções cujos sintomas são dor de cabeça, diarreia e febre. Dependo do estado imunológico da pessoa contaminada, a infecção pode evoluir para coagulação intravascular, comprometimento da função hepática e insuficiência respiratória.

A melhor prevenção é evitar beijos e lambidas de cães e, caso haja contato, lembrar de higienizar-se depois.

Para garantir maior saúde aos animais, visitas regulares ao veterinário são indispensáveis, bem como aplicação de vacinas e remédios antivermes. Banhos são recomendados pelo menos uma vez por mês.

(Com informações do portal Tua Saúde)

Últimas notícias