Saiba o que é a dieta paleolítica e qual é a diferença para a low carb

O regime é baseado no período da pré-história no qual os antepassados se alimentavam de produtos caçados ou colhidos

atualizado 20/05/2019 16:23

Katherine Chase/Unsplash

Você já ouviu falar na dieta paleolítica? Ela é baseada na alimentação dos nossos ancestrais da era Paleolítica, antes da invenção da agricultura, quando a principal forma de se alimentar era através da caça e da coleta de alimentos. O regime baseia-se principalmente no consumo de alimentos frescos e naturais, evitando os processados e dando preferência ao consumo de carnes e gorduras.

O cardápio é uma opção utilizada por pessoas que desejam emagrecer ou controlar melhor os níveis de açúcar no sangue, como nos casos de pré-diabetes e diabetes.

O que comer

Com base em uma alimentação de caça e coleta de alimentos, a dieta paleolítica é composta de:

Frutas e vegetais

Deve-se consumir grandes quantidades de vegetais, de preferência crus e de duas a quatro frutas por dia, de preferência cruas também e com casca e bagaço.

É importante lembrar que as frutas, raízes e tubérculos como batata inglesa, batata doce, macaxeira e inhame são ricos em carboidratos, devendo ser consumidos em pequenas quantidades para favorecer a perda de peso.

Carnes

As carnes podem ser consumidas em grandes quantidades. O aumento do consumo de alimentos proteicos ajuda a fortalecer a massa muscular e dá mais saciedade, ajudando a controlar a fome.

No entanto, é importante lembrar que, em algumas situações, o consumo excessivo de carnes deve ser evitado, como por exemplo, no caso de pacientes com doença renal crônica e gota.

Gorduras

As gorduras naturais dos alimentos não são vilãs na dieta paleo, visto que os nossos ancestrais consumiam grandes quantidades de gorduras vindas de carnes, aves e peixes. Assim, pode-se comer a gordura presente nas carnes em gerais, além das gorduras presentes em alimentos como sementes, castanhas, amendoins, nozes, amêndoas, coco e abacate.

O que não comer

Na dieta paleolítica não estão presentes os seguintes alimentos:

  • Grãos: arroz, trigo, feijão, soja, aveia, cevada e milho, por exemplo;
  • Açúcar e qualquer alimento ou preparação que utilize açúcar;
  • Leite e derivados, como queijos, iogurtes, coalhada, requeijão e creme de leite;
  • Alimentos processados em geral.

No entanto, é possível adaptar a dieta paleolítica para os tempos atuais e consumir alimentos minimamente processados e com pouco carboidrato, como azeite de oliva, frango e carnes congeladas, farinhas de oleaginosas como castanha, amêndoas e linhaça, ovos, queijos e iogurtes.

Diferença entre a dieta paleo e a low carb

A principal diferença é que na dieta paleo deve-se evitar todo tipo de grãos ricos em carboidratos, como arroz, trigo, milho e aveia, por exemplo, enquanto na low carb esses grãos ainda podem ser consumidos em pequenas quantidades, algumas vezes por semana.

Além disso, a low carb permite o consumo de alimentos processados, desde que não sejam ricos em açúcar, farinhas e outros carboidratos, enquanto na paleo o ideal é reduzir ao máximo o consumo de industrializados.

Dieta paleo para emagrecer

A dieta paleolítica é uma ótima opção para quem deseja perder peso, pois a retirada de grãos e de alimentos processados ajuda muito a reduzir as calorias da dieta e melhorar o metabolismo do corpo.

Além disso, ela é rica em vegetais, fibras e proteínas, nutrientes que aumentam a saciedade e reduzem a vontade de comer. Aos poucos, o organismo se adapta à redução de carboidratos e já não sente falta de alimentos como doces, pães, bolos e salgados.

A tabela a seguir traz um exemplo de um cardápio de 3 dias da dieta paleo:

RefeiçãoDia 1Dia 2Dia 3
Café da Manhãcafé sem açúcar + 2 ovos com queijo curadoomelete com 2 ovos e recheio de vegetais + 200 ml de suco de laranjacafé sem açúcar + 1 banana + 2 fatias de queijo assado no azeite
Lanche da manhã10 castanhas de caju3 pedaços pequenos de coco4 col de sopa de abacate com 1 col de mel de abelha
Almoço/Jantar150g de carne + acelga + tomate + cenoura e beterraba raladas + 1 fio de azeite1 posta de cavala assada + 3 rodelas de batata doce cozida + legumes salteados no azeite3 conchas de canja de frango com legumes: cenoura, chuchu e abobrinha
Lanche da Tarde1 banana + 2 col de chá de sementes + 1 fatia de queijo assada com tomate e orégano1 iogurte natural batido com 6 morangos + 1 col de sopa rasa de linhaça1 iogurte natural com 10 amêndoas

É importante lembrar que antes de iniciar qualquer dieta é necessário falar com o médico e com o nutricionista para avaliar a saúde e receber orientações específicas para cada caso. Além disso, beber bastante água e praticar atividade física regularmente são atitudes que ajudam a emagrecer e prevenir doenças.

(Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias