Saiba como uma alimentação equilibrada pode ajudar a prevenir cãibras

As contrações musculares são desconfortáveis. Para aliviá-las, a sugestão é aumentar o consumo de banana, castanhas, nozes e amêndoas

atualizado 05/02/2019 16:50

Jan-Otto, Getty Images

As cãibras são contrações involuntárias dos músculos, especialmente da panturrilha, mas podem surgir em outras partes do corpo. Frequentemente ocorrem após atividade física intensa, mas podem aparecer durante o sono.

O incômodo costuma ser passageiro e pode ser facilmente prevenido. Para isso, basta incrementar o consumo diário de minerais, principalmente magnésio, cálcio e potássio. E garantir uma boa hidratação.

O nosso corpo funciona de forma equilibrada. Portanto, o magnésio serve para relaxar e flexibilizar a musculatura, enquanto o cálcio estimula as contrações. Por fim, o potássio coordena todo esse processo para ativar o cérebro.

A alimentação é uma aliada na hora de evitar cãibras, assim como a ingestão de bastante água. Inclua no seu cardápio o consumo de castanhas, nozes e amêndoas. As oleaginosas garantem a quantidade de magnésio que o corpo precisa para manter as fibras musculares funcionando de maneira saudável. Leite e derivados, como queijo, são fontes de cálcio.

A banana é um dos alimentos mais conhecidos por ser rico em potássio. Além disso, a fruta ainda apresenta triptofano, substância precursora da serotonina, que relaxa o corpo. Melão também é fonte de potássio. Caso prefira um tubérculo, uma batata doce média tem cerca de 12% da quantidade diária que precisamos do mineral.

Na maior parte dos casos, a cãibra não é um problema grave. No entanto, é importante ficar atento aos sintomas, como dor muito intensa que não melhora após 10 minutos; inchaço ou vermelhidão no local da cãibra, dores repetidas ao longo dos dias e fraqueza muscular. Nesses casos, um médico deve ser consultado para solicitar exames.

(Com informações do portal Tua Saúde)

 

 

Últimas notícias