OMS: Covid-19 passou de morcegos para humanos por animal intermediário

Relatório sobre origem do vírus será publicado na terça (30/3). Cientistas dizem que vazamento de laboratório é "extremamente improvável"

atualizado 29/03/2021 13:56

coronavirus ilustraçãoPixabay

As investigações sobre a origem do novo coronavírus conduzidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que, provavelmente, um morcego passou o vírus para um animal intermediário antes de infectar humanos. Os cientistas afirmam ainda que o vazamento do vírus de um laboratório de Wuhan é “extremamente improvável”.

A equipe de especialistas que comandou a investigação – feita entre janeiro e fevereiro deste ano na cidade de Wuhan, onde o vírus foi encontrado pela primeira vez em 2019 – pediu por pesquisas adicionais para responder outras perguntas ainda inconclusivas.

“Devem acontecer investigações em áreas mais amplas e em um maior número de países”, conclui o rascunho do relatório sobre a investigação obtido pela agência Associated Press nesta segunda-feira (29/3).

Após receber o relatório de 400 páginas, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreysus, afirmou em coletiva de imprensa em Genebra que “todas as hipóteses estão sobre a mesa e justificam estudos completos e adicionais”.

O documento será divulgado nesta terça-feira (30/3), depois que diplomatas dos 194 países membros da OMS forem informados sobre as descobertas.

Em 2020, o governo do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou o Instituto de Virologia de Wuhan, de deixar o vírus escapar de forma voluntária e inadvertidamente. Os pesquisadores, no entanto, desconsideraram essa hipótese.

Saiba como o coronavírus ataca o corpo humano:

0

 

Últimas notícias