Dor de cabeça constante? Saiba principais causas e o que fazer para aliviar

Dicas simples conseguem amenizar o problema. Se o sintoma persistir por mais de cinco dias, é recomendado consultar um médico

atualizado 14/10/2020 11:30

iStock

Estresse, cansaço, problemas de visão, alimentação e até mesmo preocupações relacionadas à pandemia da Covid-19 podem provocar dores de cabeça constantes.

Quando a dor vem junto com tonturas pode ser um indicador de pressão alta ou gravidez. Quando acontece na região da testa, em toda a parte frontal da cabeça ou só no lado esquerdo ou direito, pode ser classificada como enxaqueca. Neste caso, a dor é latejante, costuma ser difícil de solucionar e pode persistir por até três dias.

Caso as crises de dor de cabeça sejam constantes, o mais indicado é procurar um médico. Conheça as causas mais comuns:

Alimentação
Observar a alimentação é importante para entender de onde o problema pode estar surgindo. O consumo de alimentos estimulantes, como café, refrigerantes e chocolate, por exemplo, favorecem dores de cabeça.

Por outro lado, jejuns e longas horas sem se alimentar podem resultar em hipoglicemia e, por isso, causarem enxaquecas.

Estresse ou ansiedade
Em situações de estresse ou ansiedade, as pessoas ficam mais alertas, com dificuldade para dormir e a mente ativa, isso prejudica a concentração em algumas situações. O corpo e a mente cansados favorecem a dor de cabeça, que pode ser interpretada como um aviso do corpo de que é preciso relaxar.

Calor
Nos dias de calor excessivo, as pessoas podem sofrer uma leve desidratação que resulta na dilatação dos vasos sanguíneos, esse efeito também provoca dor de cabeça.

Problemas de visão
Problemas de visão, como astigmatismo, hipermetropia e miopia não tratados também podem causar dor de cabeça porque as pessoas tendem a forçar mais a visão para enxergar as coisas.

Bruxismo
O bruxismo é o ato involuntário de ranger os dentes durante a noite, quando se está dormindo. Ele traz algumas consequências para o dia seguinte, como desgaste dos dentes e inflamação dos músculos locais e também pode causar dores de cabeça.

Doenças
Alguns problemas de saúde, como gripe, resfriado, rinite e sinusite costumam ter como manifestação clínica dores de cabeça, que desaparecem à medida que a doença é tratada.

Alterações hormonais
As alterações na concentração de hormônios circulantes no sangue contribuem para dores de cabeça. Elas são mais comuns durante a gravidez ou nos dias de tensão pré-menstrual (TPM).

Como aliviar dores de cabeça
Algumas estratégias podem ser adotadas para aliviar o problema:

  1. Massagens na cabeça;
  2. Colocar uma compressa de água gelada na testa ou na nuca, pois a constrição dos vasos sanguíneos cerebrais alivia a dor;
  3. Beber um copo de água fresca com gotas de limão para reidratar o corpo;
  4. Descansar em um local calmo e tranquilo, ao abrigo da luz;
  5. Evitar ficar no sol por mais de uma hora, mesmo com chapéu e óculos de sol;
  6. Tomar um analgésico. No entanto, o uso por mais de três dias é desaconselhável, pois pode piorar a dor de cabeça;
  7. Andar descalço na grama;
  8. Adequar a alimentação;
  9. Tomar chá de canela para acelerar a menstruação, se a causa do desconforto for a TPM.

A dor de cabeça persistente, por mais de cinco dias, deve ser investigada por um médico clínico geral ou neurologista que avaliará o estado geral de saúde do paciente e poderá solicitar exames para identificar as causas. (Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias