Criança morre no Gana infectada pelo Marburg, vírus primo do Ebola

Caso foi confirmado pela Organização Mundial da Saúde. Outras duas mortes pela mesma doença já foram registradas no país

atualizado 02/08/2022 18:35

Wikipédia/Reprodução

A Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou, nesta terça-feira (2/8), a morte de uma criança infectada pelo vírus Marburg, que pertence à família do Ebola. O caso foi confirmado no Gana, na África, e já é o 3º que provoca mortes no país.

O sexo e a idade da criança não foram revelados. “Na semana passada, mencionei dois casos adicionais. Um é a esposa do caso inicial e o outro é o filho do caso referência. A criança infelizmente morreu, mas a esposa está viva e melhorando”, afirmou Ibrahima Soce Fall, médico da OMS no país.

Em 18 de julho, cerca de 90 casos estavam sendo investigados por suspeita de Marburg. O vírus consta na lista da OMS como um patógeno de interesse, que pode causar uma pandemia.

O vírus

O vírus Marbug é da mesma família do Ebola. Em setembro de 2021, um caso já havia sido detectado na Guiné. O patógeno é transmitido por morcegos que se alimentam de frutas. O contágio ocorre através do contato direto com fluidos corporais de pessoas contaminadas, superfícies e materiais.

Além de febre, diarreia, náuseas e vômitos, a doença também pode causar hemorragias no paciente em um período de sete dias. As vítimas também podem apresentar sangramentos no nariz, gengivas e vagina, bem como em vômitos e fezes..

Baseado em surtos anteriores, a taxa de mortalidade da doença gira entre 24% a 88%. Ainda não há uma vacina para a doença e nem um tratamento estabelecido.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias