Covid-19: Conselho de Saúde pede suspensão de cloroquina para casos leves

Órgão vinculado ao Ministério da Saúde discorda da orientação da pasta de ampliar o uso do medicamento sem comprovação científica

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) divulgou nesta sexta-feira (22/05) nota contrária à ampliação do protocolo de uso da cloroquina feita pelo Ministério da Saúde na última quarta-feira (20/05). De acordo com o conselho, a orientação da pasta para a utilização do medicamento em casos leves da doença deve ser suspensa imediatamente.

Defendida pelo presidente Jair Bolsonaro como saída para a pandemia do coronavírus, a cloroquina não tem comprovação científica sobre sua eficácia contra a Covid-19 e, nesta sexta-feira, um estudo de grande escala – com 96 mil pacientes – mostrou que, além de não trazer benefícios, ela pode provocar arritmia cardíaca, colocando a vida das pessoas em risco.

O Conselho Nacional de Saúde é formado por integrantes do Ministério da Saúde e da sociedade civil e, apesar de vinculado ao governo, tem autonomia para se opor às políticas da pasta.