Coronavírus: garota de 16 anos morre 24 horas após teste positivo

Julie, que era saudável antes de adquirir o novo vírus, foi a primeira paciente menor de idade a morrer na França

A morte de uma estudante francesa de apenas 16 anos por causa da Covid-19 está comovendo a França. A garota, que era saudável antes de adquirir o novo vírus, foi a primeira paciente com menos de 18 anos a morrer no país.

Julie faleceu no Hospital Necker, em Paris, na última terça-feira (24/03), 24 horas depois de ter sido hospitalizada com insuficiência respiratória. “É um choque perder um filho, a vida perde o sentido, mas temos a obrigação de continuar”, afirmou a mãe da adolescente ao jornal Le Parisien, que revelou o caso.

De acordo com a família, a doença evoluiu de uma tosse leve para um quadro de insuficiência respiratória em cerca de uma semana. No período, Julie chegou a fazer dois testes para comprovar o novo coronavírus que deram negativo. Em poucos dias, entretanto, ela começou a apresentar uma secreção tão intensa nas vias respiratórias que lhe provocava falta de fôlego.

Na segunda-feira (23), a jovem voltou ao médico de referência na cidade onde vivia, que decidiu interná-la imediatamente. Na sequência, precisando de cuidados mais avançados, foi transferida para uma unidade maior, em Paris, e lá não resistiu às complicações provocadas pela doença.

Quando a mãe e a irmã da menor chegaram ao Hospital Necker, Julie já tinha morrido. “Foi violento. Tivemos tempo de vê-la, mas depois tudo aconteceu muito rápido. Por causa das circunstâncias da epidemia, o protocolo para o enterro é muito rigoroso. Sei que é complicado, mas um pouco mais de humanidade é necessário”, disse a mãe de Julie ao Le Parisien.