Conheça dicas caseiras para tratar a febre em bebês

Banho morno, compressas na testa, roupas leves e hidratação são algumas medidas que podem aliviar o desconforto

atualizado 28/02/2019 12:59

ArtMarie, Getty Images

É considerado que o corpo está com febre quando a temperatura está acima de 37,8ºC. Esse quadro pode ser decorrente de infecções virais, reações à vacina e, às vezes, até excesso de roupa. Apesar de deixar os pais apreensivos, em caso de febre não muito alta, antes de medicar, é possível recorrer a algumas medidas caseiras.

Se o bebê tiver menos de três meses, é importante levá-lo ao médico imediatamente. Se já tiver passado deste período, os pais podem recorrer a algumas dicas para tentar baixar a febre:

Dar um banho morno no bebê – temperatura em torno de 36º C – é uma excelente forma de baixar a febre naturalmente. Essa medida ajuda a acalmar e relaxar o bebê, por causa da febre eles precisam descansar mais.

Outra sugestão é colocar uma toalhinha de mão molhada em água fria na testa, na nuca, nas axilas ou na virilha do bebê.

Muitas vezes, os pais agasalham demais o bebê. No entanto, o melhor é evitar roupas pesadas. O uso de tecidos como o algodão deixará a criança mais confortável para lidar com as alterações de temperatura.

Não esqueça de hidratar o bebê com água e/ou leite materno. Normalmente, por conta da febre, a perda de líquido acontece em maior velocidade, devido à transpiração.

A febre não é uma doença. Ela é um indicativo de que há algum problema que, na maioria das vezes, ainda não se manifestou. Quadros de infecção, resfriados, insolação, desidratação, entre outros, podem se manifestar através de um estado febril. É importante estar atento à febres altas – acima de 39,5º C – que não baixam com facilidade. Normalmente, elas são indicativas de infecção bacteriana. Nesses casos, o diagnóstico é feito pelo pediatra.

As medidas caseiras auxiliam, mas, se a febre persistir por mais de 30 minutos, é importante falar com um médico para a avaliação completa.

(Com informações do portal Tua Saúde.)

Últimas notícias