Conheça 9 sintomas da pressão alta e aprenda como controlá-la

A pressão alta é responsável por problemas graves de saúde como insuficiência cardíaca, AVC e perda de visão. Aprenda a controlar a condição

atualizado 27/12/2021 12:10

pressão alta

Tontura, visão embaçada, dor de cabeça ou dor no pescoço são os principais sintomas relacionados à pressão alta. Geralmente, esses incômodos só surgem quando a pressão aumenta muito rapidamente, na maioria das vezes em situação de estresse, após o uso de algum medicamento ou utilização de algum tipo de droga. É pouco comum reconhecer a hipertensão rapidamente, pois ela vai aumentando gradualmente ao longo dos anos e o organismo se acostumando, tornando-a uma doença silenciosa.

A pressão alta é responsável por problemas graves de saúde como insuficiência cardíaca, AVC e perda de visão. Ao desconfiar que se tem a doença, o indicado é medir a pressão sanguínea com um aparelho próprio, em casa ou na farmácia, para verificar se realmente está mais alta que o recomendado (140 x 90 mmHg).

Principais sintomas

Os sintomas que podem indicar que a pressão está muito alta podem ser:

  1. Enjoo;
  2. Dor de cabeça;
  3. Dor na nuca;
  4. Sonolência;
  5. Zumbido no ouvido;
  6. Pequenos pontos de sangue nos olhos;
  7. Visão dupla ou embaçada;
  8. Dificuldade para respirar;
  9. Palpitações cardíacas.

Como controlar a pressão alta

Uma das principais dicas para conseguir controlar a pressão alta é diminuir a ingestão de sal, tempero rico em sódio, um mineral que, embora essencial para a vida, quando consumido em excesso provoca o aumento da pressão arterial, elevando o risco de problemas cardiovasculares graves, como AVC ou infarto. Para controlar a hipertensão é necessário fazer a mudança de alguns hábitos diários como:

  • Diminuir o uso de sal, substituindo-o por ervas aromáticas;
  • Tentar evitar situações de muito estresse;
  • Diminuir o peso corporal;
  • Evitar fumar cigarros;
  • Evitar bebidas alcoólicas;
  • Praticar exercícios físicos, pelo menos 30 minutos por dia;
  • Evitar o consumo de gorduras e frituras;
  • Controlar o colesterol no sangue;
  • Evitar drogas que aumentem a pressão arterial como cafeína, antidepressivos, corticoides, anfetaminas, cocaína e outros.

O cardiologista é o especialista ideal para diagnosticar e tratar adequadamente a pressão alta, pois embora não tenha cura, a hipertensão pode ser controlada, reduzindo o risco de problemas cardiovasculares.

O que fazer em uma crise de pressão alta

Quando a pressão sobe repentinamente, e surgem sintomas como dor de cabeça, especialmente na nuca, sonolência, dificuldade para respirar e visão dupla, é importante tomar os remédios receitados pelo médico e repousar, tentando relaxar. Porém, caso a pressão alta se mantenha superior a 140/90 mmHg após uma hora, é indicado ir ao hospital para tomar anti-hipertensivos intravenosos.

Caso a pressão alta não apresente sintomas, pode-se tomar um copo de suco de laranja feito na hora e tentar relaxar. Após 1 hora da ingestão do suco, deve-se medir a pressão novamente e, caso ainda esteja elevada, é recomendado ir ao hospital para que seja indicada a melhor forma de diminuir a pressão. Para controlar a pressão naturalmente existem alguns alimentos e ervas naturais, que podem ser ingeridos durante o dia, e que incluem:

tabela remédios naturais para pressão alta
Alimentos que ajudam a controlar a pressão alta

Temperos como salsa, pimenta, erva-doce e alecrim, assim como o alho e o óleo de linhaça, também podem ser eficazes na redução da pressão sanguínea. Estes alimentos ajudam naturalmente no controle da pressão devido às vitaminas e minerais encontrados. Além de ter estes cuidados, o hipertenso deve medir a pressão de 3 em 3 meses para garantir que ela esteja controlada.

(Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias