Conheça 3 remédios caseiros que turbinam a memória

Veja receitas com ingredientes que colaboram para o bom funcionamento do cérebro, a retenção de memórias e a concentração

atualizado 26/10/2021 19:38

Chá de alecrimImageBROKER/Juergen Pfeiffer/Getty Images

A capacidade de reter memórias está ligada ao bom funcionamento do cérebro. Fatores como alimentação ruim, estresse e excesso de tarefas atrapalham a concentração e a fixação de informações.

O estilo de vida moderno, no qual o cotidiano é preenchido por várias atividades, também não colabora para o armazenamento de novos conhecimentos.

No entanto, o uso de algumas plantas medicinais pode ajudar a memória, ao aumentar o fluxo sanguíneo do cérebro e evitar os danos causados por radicais livres.

Veja receitas de três remédios caseiros com ingredientes que colaboram para o bom funcionamento do cérebro:

Chá de ginseng e alecrim
Ingredientes
1 punhado de alecrim,
1 punhado de ginseng,
1 colher de chá de noz moscada em pó,
2 copos de água.

Modo de preparo: coloque todos os ingredientes em uma panela e deixe ferver por alguns minutos. Coe e beba este chá ainda morno, de 2 a 3 vezes por dia.

Remédio caseiro com ginkgo biloba
Um bom remédio caseiro para memória é tomar o chá de alecrim com ginkgo biloba. Ele aumenta a circulação sanguínea e melhora a troca de informações entre os neurônios.
Ingredientes
5 folhas de ginkgo biloba,
5 folhas de alecrim,
1 copo de água.

Modo de preparo: ferver a água e adicionar as folhas das plantas medicinais. Tapar e, em seguida, deixar esfriar, por cerca de 5 minutos. Coar e beber. É recomendado tomar de 2 a 3 xícaras deste chá por dia, todos os dias.

Remédio caseiro com catuaba
Outro bom remédio caseiro para memória é o chá de catuaba, que melhora a eficiência entre as sinapses nervosas.
Ingredientes
½ litro de água;
2 colheres (sopa) de casca de catuaba

Modo de preparo: coloque os ingredientes numa panela e deixe ferver por alguns minutos. A seguir, apague o fogo e deixe esfriar. Beba 2 vezes ao dia. (Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias