Confira três remédios caseiros para ajudar a lidar com a ansiedade

Bebidas e suplementos ajudam a aliviar os sintomas, mas não devem substituir o tratamento indicado pelo médico

atualizado 08/03/2021 20:57

CháUnsplash

A ansiedade é uma condição médica cada vez mais comum na sociedade atual. Apesar de ser tratada com medicamentos, é possível incluir alguns chás e suplementos naturais na rotina para ajudar a diminuir seus sintomas.

Os remédios caseiros para ansiedade são uma ótima opção para quem sofre com quadros de estresse e proporcionam alívio ao problema. No entanto, são paliativos e nunca devem substituir o tratamento indicado pelo médico, nem a realização de sessões de psicoterapia.

1. Kava-kava

A planta medicinal, conhecida cientificamente como Piper methysticum, tem na sua composição kavalactonas, substâncias naturais que têm demonstrado ação semelhante às benzodiazepinas, um dos princípios ativos de remédios usados no tratamento médico da ansiedade.

Alguns estudos sugerem que as kavalactonas facilitam a ação do GABA, um neurotransmissor que diminui a ação do sistema nervoso central, fazendo com que a pessoa consiga relaxar. Além disso, o kava-kava contém outros ativos que atuam em regiões específicas do cérebro, especialmente na amígdala e no hipocampo, diminuindo os sintomas de ansiedade.

Embora uma das formas mais comuns de consumir o kava-kava seja por meio do chá de suas raízes, também é possível consumi-lo como suplemento. Para saber a quantidade adequada, é importante procurar um médico ou fitoterapeuta.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de raiz de kava-kava;
  • 300 ml de água.

Modo de preparo

Colocar a raiz de kava-kava para ferver com a água por 10 a 15 minutos. Depois deixar amornar e coar. Beber de 2 a 3 vezes por dia.

2. Valeriana

A valeriana é uma excelente opção para pessoas que estão sofrendo de ansiedade devido à insônia ou a noites mal dormidas. A planta contém ácido valérico na sua composição, que atua nas células do sistema nervoso e tem efeito tranquilizante.

Ao ajudar na regulação do sono, a valeriana contribui de maneira colateral para amenizar a ansiedade.

A valeriana é quase sempre consumida na forma de chá, no entanto, também pode ser ingerida como suplemento. Para saber a quantidade adequada, é importante procurar um médico ou fitoterapeuta.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de raiz de valeriana;
  • 300 ml de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a raiz de valeriana na água fervente e deixar repousar por um tempo de 10 a 15 minutos, depois coar e deixar amornar. Beber 30 a 45 minutos antes de deitar.

Com a raiz de valeriana também é possível acrescentar uma colher de chá de outra erva calmante, como a passiflora ou lavanda.

3. Ashwagandha

Também conhecida como ginseng indiano, é outra planta medicinal com efeito conhecido contra ansiedade e estresse crônico. Essa planta é muito utilizada na Índia devido à sua ação adaptogênica, que ajuda a regular o organismo.

O ginseng diminui a produção de cortisol, hormônio produzido em períodos de estresse e que faz mal para o organismo quando em excesso por períodos prolongados.

A ashwagandha também tem substâncias que atuam no sistema nervoso central da mesma forma que o neurotransmissor GABA, deixando a pessoa mais relaxada.

A planta pode ser consumida na forma de chá, no entanto, também pode ser encontrada como suplemento. No caso do suplemento, o ideal é buscar orientação de um médico ou fitoterapeuta.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de pó de ashwagandha;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Juntar a ashwagandha em pó na xícara de água fervente e tampar por 10 a 15 minutos. Coar a mistura, deixar amornar e beber 2 a 3 vezes por dia.

Cuidados ao utilizar os remédios caseiros

Os remédios caseiros apresentados para tratar os sintomas de ansiedade possuem substâncias ativas e, por isso, devem sempre ser utilizados com a orientação de um médico.

Além disso, esses remédios estão contraindicados para grávidas, lactantes, crianças ou pessoas com algum problema relacionado ao sistema imune. (Com informações do portal Tua Saúde)

Últimas notícias