Confira quatro benefícios do banho gelado para a sua saúde

O hábito aumenta a disposição, ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e pode aliviar dores nos músculos

Mohd Fauzie/EyeEm/Getty Images

atualizado 14/02/2020 21:24

Apesar de ser desconfortável para muitas pessoas, tomar banho gelado logo após acordar combate o cansaço e aumenta a disposição para as atividades do dia a dia. Além disso, a água fria também alivia dores e, de acordo com  alguns estudos, pode contribuir até mesmo para tratar a depressão.

Para conseguir tomar um banho gelado, a dica é começar molhando pequenas partes do corpo que vai, então, se adaptando à temperatura da água. Pode-se começar pelos tornozelos e mãos, por exemplo. Outra estratégia é iniciar o banho com água morna e depois esfriá-la. Veja os benefícios de uma chuveirada gelada:

1. Aumenta a disposição
O banho gelado aumenta a disposição e a sensação de bem estar porque melhora a circulação sanguínea, o que acaba por diminuir o cansaço.

2. Previne doenças cardiovasculares
Ao aumentar a circulação sanguínea, a ducha gelada ajuda a prevenir doenças cardiovasculares. Além disso, a água fria estimula a produção de noradrenalina, hormônio capaz de regular a pressão arterial.

No entanto, caso a pessoa possua histórico de doenças do coração na família ou seja portador de alguma alteração, é importante fazer o acompanhamento adequado com o cardiologista.

3. Ajuda no tratamento da depressão
Alguns estudos demonstraram que tomar um banho gelado pode ajudar no tratamento da depressão. A água fria ativa receptores que induzem o cérebro a aumentar a concentração de endorfina no corpo, substância conhecida como hormônio do bem estar.

No entanto, é fundamental que pacientes diagnosticadas com depressão sigam orientações médicas.

4. Melhora dores musculares
Uma ducha gelada provoca contração nos vasos sanguíneos, diminuindo dores e ajudando na recuperação dos músculos após atividades físicas intensas. Alguns estudos mostraram que a água fria é capaz de aliviar os sintomas de inflamação e evitar fadiga muscular. (Com informações do portal Tua Saúde)

Últimas notícias