Confira duas receitas de soro caseiro para tratar a desidratação

É preciso se ater às quantidades para garantir o efeito. Mistura pode ser administrada em crianças, adultos, idosos e até animais domésticos

atualizado 07/05/2019 12:50

Norman Posselt/GettyImages

Fácil de fazer, o soro caseiro é uma das soluções mais eficientes para repor líquidos e sais minerais perdidos em casos de desidratação, vômitos persistentes e diarreias, comuns na gastroenterite e na dengue, por exemplo. A bebida é indicado para todas as idades e pode, inclusive, ser utilizada em cães e gatos, quando houver necessidade.

Diabéticos devem procurar auxílio médico no caso de perda de líquidos porque não podem tomar o soro caseiro, assim como quem está em quadro de desidratação grave. É importante esclarecer que tomar a bebida não é suficiente para interromper o vômito e a diarreia. O soro é útil somente para repor os líquidos e os sais minerais perdidos. Por isso, é importante seguir todas as orientações do médico para controlar os sintomas.

No entanto, o soro caseiro não deve ser dado a bebês que ainda mamam exclusivamente no peito. Neste caso, o mais indicado é continuar dando somente leite materno para manter o bebê hidratado.

Receita do soro caseiro
Existem duas formas diferentes de preparar o soro caseiro e, ao prepará-lo, deve-se seguir rigorosamente a receita. Um erro na preparação pode causar convulsões em crianças desidratadas.

Receita de soro caseiro usando colher de sopa

  • 1 litro de água filtrada, fervida ou mineral engarrafada
  • 1 colher de sopa bem cheia de açúcar ou 2 colheres rasas de açúcar (20 g)
  • 1 colher de café de sal (3,5 g)

Receita para 1 copo de 200 ml de soro caseiro

  • 2 medidas rasas de açúcar, do lado maior da colher padrão
  • 1 medida rasa de sal, do lado menor da colher padrão
  • 1 copo (200 ml) de água filtrada, fervida ou mineral engarrafada
  • Essa colher padrão é da UNICEF e costuma ser fornecida em postos de saúde ou na farmácia popular.
    Modo de preparo

    Misturar todos os ingredientes e beber pequenos goles várias vezes ao dia, de preferência na mesma proporção de líquidos perdidos através do vômito ou da diarreia. Ao provar o soro caseiro, este não deve ser mais salgado do que uma lágrima.A durabilidade da bebida é de, no máximo, 24 horas e, se for necessário, tomar o soro por mais dias, uma nova receita deve ser preparada.

    Como tomar o soro caseiro
    Em caso de vômito ou diarreia deve-se observar a quantidade de líquidos perdidos e tomar o soro caseiro na mesma proporção após cada episódio de vômito ou diarreia. Não se deve tomar mais de meio copo de soro de uma só vez e bebês e crianças podem tomar o soro em colheres.

    Apesar de ser muito simples fazer o soro em casa, ele também é vendido nas farmácias em um pacotinho chamado Sais para Reidratação Oral, que contém sal e glicose na dose exata para misturar em um litro de água mineral, ou até o soro para beber. O pacotinho comprado na farmácia é a melhor alternativa quando a qualidade da água é duvidosa para fazer o soro em casa ou quando se viaja com crianças pequenas.

    Quando ir ao médico
    Quando a diarreia e o vômito se mantém por mais de 24 horas é importante ir ao médico para identificar a causa e adequar o tratamento que, em alguns casos, precisa ser feito com antibióticos. Não é recomendado tomar remédios sem orientação médica.

    (Com informações do portal Tua Saúde)

Últimas notícias