Confira 10 dicas simples para acelerar o metabolismo e emagrecer

Pequenas mudanças na rotina podem ser suficientes para acelerar o metabolismo e estimular o corpo a queimar gordura

atualizado 21/12/2021 17:46

médicos analisam fígadoGetty Images

Com a época das confraternizações a todo vapor, o brasileiro vive momentos de muita comida e álcool e pouco exercício físico. A combinação é suficiente para causar uma baixa no metabolismo do corpo, sistema responsável por promover a queima de gordura para gerar energia ao organismo.

Porém, algumas mudanças simples na rotina e apostar em uma dieta equilibrada, rica em frutas e vegetais, além de proteínas magras, podem ajudar a acelerar o corpo. Confira uma lista com as 10 dicas mais simples para ajudar a aumentar o metabolismo:

1. Comer alimentos termogênicos

Os alimentos termogênicos, como pimenta, canela, gengibre e café, contêm capsaicina, cinamaldeído, gingerol e cafeína, compostos bioativos que estimulam o sistema nervoso central, acelerando o metabolismo e promovendo a queima de gordura corporal.

O jejum intermitente é uma dieta que consiste em ficar entre 16 e 36 horas sem comer, o que ajuda a diminuir os níveis dos hormônios insulina e glicose no sangue e obriga o corpo a usar as células de gordura para fornecer energia, acelerando o metabolismo e promovendo a perda de peso.

3. Comer mais proteínas

Comer mais proteínas ajuda a aumentar o metabolismo entre 15 e 20%, pois o corpo gasta mais calorias para digerir o nutriente. Além disso, a proteína também estimula a produção de músculo, um tecido que gasta mais energia para ser mantido, ajudando a acelerar o metabolismo.

Alguns dos alimentos fonte de proteínas são carnes, frango, ovos, tofu, peixes e queijos, que devem ser consumidos em todas as refeições ao longo do dia.

4. Beber chá verde

O chá verde possui catequinas e cafeína, compostos com propriedades termogênicas que ajudam a acelerar o metabolismo, fazendo com que o organismo gaste mais energia. Além disso, as catequinas, a cafeína e os polifenois presentes no chá verde também ajudam a aumentar a queima de gordura corporal, favorecendo o emagrecimento.

Para se obter os benefícios do chá verde, é recomendado beber de 3 a 4 xícaras de chá distribuídas ao longo do dia.

5. Fazer exercícios 2 a 3 vezes por semana

Fazer exercícios físicos de 2 a 3 vezes por semana tonifica e aumenta a massa muscular, acelerando o metabolismo e promovendo a perda de peso. Além disso, exercícios físicos, como musculação, e treinos de alta intensidade, como o HIIT, também ajudam a manter o metabolismo corporal aumentado por cerca de 4 horas após a atividade.

6. Comer alimentos ricos em vitamina B

As vitaminas do complexo B, como a vitamina B1, vitamina B2 e vitamina B6, ajudam a transformar a energia dos carboidratos, proteínas e gorduras em calorias, aumentando o metabolismo corporal. Os alimentos ricos em vitamina B incluem carnes, fígado, cereais integrais, leguminosas, leite e derivados, por exemplo.

7. Reduzir o estresse

Reduzir o estresse e a ansiedade é importante para equilibrar a produção de cortisol, um hormônio que, em excesso, reduz a massa muscular, levando à diminuição do metabolismo.

Algumas dicas para reduzir o estresse incluem praticar atividades físicas, fazer atividades que relaxam a mente, como meditação ou yoga, ou praticar algum hobby.

8. Beber água gelada

Beber entre 1,5 e 3 litros de água fria ou gelada ao longo do dia estimula o sistema nervoso simpático, uma região do sistema nervoso central que está relacionada com o aumento do metabolismo, promovendo o gasto de energia e a perda de peso.

9. Consumir óleo de coco

O óleo de coco é rico em ácido graxo de cadeia média, um tipo de gordura que estimula o sistema nervoso, acelerando o metabolismo e melhorando a disposição física e mental. Para se obter os benefícios, basta consumir 2 colheres de sopa do óleo por dia, que podem ser adicionadas em frutas, vitaminas ou saladas, por exemplo.

Dormir de 7 a 9 horas por noite é essencial para regular a produção de cortisol, um hormônio que, em excesso, reduz a massa muscular, causando a diminuição do metabolismo.

Além disso, o descanso de qualidade estimula a produção de GH, substância que contribui para o aumento da massa muscular, acelerando o metabolismo e estimulando a queima de calorias.

(Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias