5 erros que podem prejudicar os efeitos do seu suco verde

Frequentemente associado à perda de peso, o suco detox precisa combinar certos elementos para alcançar os resultados desejados

Tomar suco verde virou sinônimo de emagrecimento e de hábitos saudáveis. Combinando os elementos certos, os efeitos da desintoxicação, de fato, aparecem. No entanto, para que ele seja um aliado, é preciso saber prepará-lo. Confira algumas dicas para que o seu suco verde funcione como o esperado:

Não exagere nas frutas
Um erro comum de quem opta por tomar sucos detox é exagerar na quantidade de frutas. Apesar de supersaudáveis, frutas têm calorias e, por isso, caprichar demais na porção pode não ser a melhor estratégia. Ao utilizar frutas pequenas, como uvas e morangos, bastam 10 unidades. No caso de frutas médias, como banana, uma unidade é suficiente. Já no caso das frutas em fatias, como mamão, melão ou abacaxi, o ideal é apenas uma ou duas fatias.

Não coe o suco
Muitas pessoas preferem o suco mais homogêneo, no entanto, ao coar o suco antes de beber você elimina boa parte do potencial emagrecedor da bebida, pois está retirando as fibras. São elas as principais responsáveis por promover a sensação de saciedade e controlar a absorção de açúcar no organismo.

Nada de adoçar
Se o objetivo é emagrecer, esqueça adoçantes, açúcares de qualquer tipo ou até mel. Isso vai aumentar a ingestão calórica e elevar o índice glicêmico da bebida. A fruta em si já tem frutose, o que faz com que ela seja rapidamente absorvida pelo organismo.

Escolha os ingredientes certos
Cada alimento tem uma função no organismo. No caso dos sucos verdes, agrião, couve, hortelã, salsinha e salsão são boas alternativas para desintoxicar e melhorar o funcionamento do intestino. Além disso, incluir itens termogênicos ajuda a aumentar a queima mais calorias. Por isso, opte por misturar gengibre e chá verde ao suco.

Tome fresco
A melhor maneira de consumir sucos e frutas é imediatamente. Descascou, comeu. Bateu, tomou. Isso ajuda a preservar o efeito dos nutrientes no organismo.

(Com informações do portal Tua Saúde)