Vídeo. Jornalista é interrompida por filho em transmissão ao vivo

Courtney Kube falava sobre ataques turcos na fronteira com a Síria quando o filho tenta chamar a atenção dela

Reprodução/YouTubeReprodução/YouTube

atualizado 10/10/2019 14:48

Em um momento inusitado (e adorável), a jornalista Courtney Kube, correspondente da NBC no Pentágono, passou por uma “saia justa” muito fofa. Ela foi interrompida pelo filho durante uma transmissão ao vivo no canal MSNBC, em Washington (EUA), no momento em que discutia ataques turcos na fronteira com a Síria.

A cena dura segundos, quando Ryan , de 4 anos de idade, aparece no estúdio. De blusa amarela, o pequeno ergue os braços e chama a atenção da mãe, que tenta manter a pose e continuar o debate sobre a grave situação no Oriente Médio. O vídeo, divulgado nas redes sociais pela própria emissora, viralizou. Veja:

Courtney Kube não consegue deixar de sorrir com a situação e tenta afastar o filho, que continua a investida. “Com licença, meus filhos estão aqui… Televisão ao vivo”, alerta a jornalista, antes de a tela cortar para um mapa da Síria e da Turquia.

Momentos depois, ela explicou que “as últimas notícias na Síria não estavam alinhadas com o abandono da pré-escola”, então ela teve que levar os filhos gêmeos para o trabalho.

No Twitter, seguidores e colegas jornalistas elogiaram o profissionalismo de Courtney. “É a coisa mais fofa que já vi há algum tempo. Precisamos ver coisas assim neste período de notícias sérias e horríveis”, comentou um. “Glória a ela por ter conseguido recuperar os sentidos depois disso. É uma verdadeira profissional! Muito bem!”, elogiou outro.

Invasão na telinha
A sequência relembra o “sufoco” passado pelo especialista da BBC Robert Kelly, que viralizou na internet em 2017. De seu escritório na Coreia do Sul, o homem viu os dois filhos interromperem sua fala, seguidos pela esposa dele, tentando tirá-los, em vão, da sala.

Últimas notícias