Cidade oferece Viagra de graça para quem se mudar para lá

As pessoas que já moram no local também terão direito ao medicamento. Duas escolas correm o risco de fechar por não terem alunos

Pfizer/ReproduçãoPfizer/Reprodução

atualizado 21/05/2019 13:12

O prefeito da cidade de Montereau, na França, tomou uma atitude extrema para tentar aumentar a taxa de natalidade do local. Jean Debouzy fez um decreto dizendo ser “favorável a distribuição das pequenas pílulas azuis”. Segundo o jornal The Local, além das pessoas que desejarem se mudar para lá, os casais que já vivem na cidade podem ter direito ao Viagra.

“As pílulas serão distribuídas para casais entre 18 e 40 anos para dar a chance que eles procriem e para preservar as duas escolas da vila”, diz o decreto. Segundo Jean, dois colégios públicos da cidade podem fechar por falta de alunos.

Além disso, o decreto prevê o pagamento de uma certa quantia em dinheiro para os casais que tiverem bebê e ficarem na cidade. No entanto, o prefeito confessou que, após a publicação do decreto, ninguém apareceu atrás do Viagra. Jean, porém, diz que, se for preciso, vai fazer um estoque das pílulas.

Contudo, o prefeito vai enfrentar um outro obstáculo para distribuir as pílulas. A legislação da França diz que o Viagra só pode ser vendido com prescrição médica. Jean não se pronunciou sobre esse fato.

Últimas notícias