Mulher é presa pela 2ª vez por enviar cartas com fotos de homens pelados

O motivo da obsessão de Sarah Pharis pelas imagens ainda é um mistério para a polícia americana

A americana Sarah Pharis, de 32 anos, foi presa pela segunda vez por enviar fotos de homens pelados pelo correio dos Estados Unidos. Ela foi detida na sexta-feira (15/1), depois de a polícia interceptar um envelope com a imagem de um homem nu.

De acordo com o UOL, não se sabe o motivo pelo qual a mulher tem fixação pela prática, mas, em 28 de dezembro do ano passado, ela pagou o equivalente a R$ 397 mil para ser liberada da delegacia.

Na ocasião, as autoridades descobriram que a foto enviada pelo correio chegou para 30 pessoas. Por causa do crime de violação ao direito de imagem privada, desta vez Sarah desembolsou R$ 79 mil para deixar a prisão.

Contudo, ela aguarda julgamento, mesmo estando em liberdade. No futuro, a americana poderá responder por divulgação não consensual de imagem privada.