Casal de aposentados procura cachorros que sumiram após a casa ser roubada em Taguatinga Norte

A residência foi totalmente revirada e os animais, da raça labrador, estão desaparecidos desde a terça-feira (23/2). Ajude a encontrá-los

A onda de violência no DF não está poupando nem os animais de estimação. O casal de aposentados Nilva Curado, 50 anos, e João Augusto, 64, teve a casa invadida nessa terça-feira (23/2), em Taguatinga Norte. Os bandidos roubaram diversos objetos. Após a ação dos criminosos, os dois cachorros labradores da família, Mel (de pelo negro) e Max (caramelo), sumiram. “Estamos completamente arrasados. Os bens materiais podemos recuperar, mas os cachorros não. Eles eram nossos amores, nossas companhias diárias”, lamenta Nilva.

O crime ocorreu entre 10h e 11h, tempo em que os dois saíram somente para fazer uma caminhada de 40 minutos. A casa está localizada na quadra 36 M de Taguatinga Norte. “Não sabemos, ao certo, se os animais foram levados ou se fugiram. Suspeitamos que os ladrões tenham soltado os dois em alguma área distante, pois não os encontramos nas proximidades”, conta Camila Barros, amiga da família que está ajudando na busca dos cachorros.

Tanto Mel como Max são conhecidos por serem dóceis e tranquilos, o que pode ter facilitado o roubo. O caso foi registrado na 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte). Os policiais fizeram a perícia no local e investigam a ação dos bandidos.

Vocês viram os labradores em algum lugar? Se sim, entre em contato pelo número 9535-1561.

Confira outras fotos de Max e Mel: