*
 

Os estragos causados pelo temporal que atingiu Samambaia na noite de quarta-feira (19/10) continuam a aparecer. Devido aos danos, 19 escolas públicas da cidade tiveram as atividades suspensas e deixaram 14.481 alunos sem aulas na quinta (20). Nesta sexta (21), os estudantes vão continuar em casa. Entre os problemas constatados nos centros de ensino, estão quedas de árvores, destelhamentos, infiltrações e falta de energia elétrica.

De acordo com a Secretaria de Educação, engenheiros estão na região para avaliar os problemas de cada uma das escolas e mensurar a gravidade dos estragos. A pasta afirma que algumas têm problemas menores, no entanto, as que foram destelhadas, por exemplo, exigirão um tempo maior para reparos.

Inicialmente, as aulas estão suspensas por 72 horas, por motivos de segurança. Se os reparos forem concluídos, as atividades escolares devem ser retomadas na segunda (24). No entanto, a Secretaria de Educação afirma que o prazo pode ser prorrogado em caso de necessidade. Ainda de acordo com a pasta, nem todas as escolas devem voltar às atividades ao mesmo tempo, por conta das diferenças dos danos. Apesar disso, a pasta afirma que não devem ocorrer atrasos no calendário letivo, pois os conteúdos serão repostos.

Temporal em Samambaia
Além dos estragos nas escolas, a chuva que atingiu Samambaia na quarta (19) deixou 1 mil casas destelhadas, famílias desalojadas e 21 mil unidades consumidoras sem luz, além de uma vítima fatal. O vigilante Carlos Henrique Ramos Freitas, de 30 anos, morreu após ser atingido por um muro que foi derrubado pela chuva. Ele chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu.

A auxiliar administrativa Adriana de Oliveira, 40, mora há mais de 5 anos na Quadra 419  e viu a destruição de perto. “Fiquei apavorada. Uma árvore caiu em frente ao meu portão. A minha casa ficou destelhada. Foi algo inesperado e ainda não sabemos o que fazer.  A vizinhança está em choque. O maior medo são as novas chuvas e outros riscos”, lamenta.

O vento durante o temporal atingiu os 60 quilômetros por hora e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu Alerta Laranja, avisando sobre a possibilidade de chuva de granizo, descargas elétricas, quedas de galhos e árvores e alagamentos. A Defesa Civil recomenda que, em casos de destelhamento, a pessoa procure um abrigo próximo, de preferência a casa de amigos ou parentes.

Em caso de alagamento, a energia elétrica deve ser desligada com muito cuidado, e o responsável deve utilizar sapatos de borracha. Também é recomendado ficar longe de árvores e postes, para evitar riscos de queda e de raios.

Comitê de crise
O Governo do DF montou um comitê de gestão de crise na Creche Ipê Roxo, uma das atingidas pela chuva. Segundo a Secretaria das Cidades, 558 servidores trabalharam em ações na região nesta quinta-feira (20). Ainda de acordo com a pasta, foram distribuídas 330 cestas básicas, 20 colchões e cem telhas. Outras 5 mil telhas também serão disponibilizadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social para a reconstrução de prédios públicos e casas.

O Serviço de Limpeza Urbano (SLU) limpou as ruas mais afetadas e recolheu 25 caminhões com lixo e escombros. Já a Polícia Militar montou um posto de comando móvel para reforçar o policiamento em construções que estão vulneráveis por conta do temporal. O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) montou um posto de atendimento na creche, para facilitar o socorro em caso de novas ocorrências.

A Secretaria das Cidades, responsável pela coordenação do comitê de crise, afirma ainda que todo o governo está mobilizado porque há previsão de novas chuvas nesta quinta (20). E por fim, diz que o comitê permanecerá no local até que a vida na cidade retorne ao normal.

Confira abaixo a lista de escolas com as aulas suspensas em Samambaia:
Escola Classe 111: 277 alunos
Creche Ipê Roxo: 125 alunos
Centro de Ensino Infantil 307: 396 alunos
Escola Classe 317: 462 alunos
Escola Classe 325: 709 alunos
Escola Classe 410: 690 alunos
Escola Classe 415: 595 alunos
Escola Classe 425: 591 alunos
Escola Classe 431: 977 alunos
Escola Classe 511: 692 alunos
Centro de Ensino Fundamental 407: 1.053 alunos
Centro de Ensino Fundamental 411: 1.547 alunos
Centro Educacional 619: 1.572 alunos
Centro Educacional 123: 993 alunos
Caic Airton Senna: 860 alunos (foto em destaque)
Escola Classe 121: 575 alunos
Escola Classe 303: 443 alunos
Escola Classe 501: 593 alunos
Centro de Ensino Fundamental 519: 1.331 alunos

 

 

COMENTE

escolasSecretaria de educaçãotemporalsuspensão de aulas
comunicar erro à redação