Veja como oferecer petiscos ao cachorro com segurança

O ideal é criar uma rotina para dar os petiscos e não fujir dela

atualizado 26/12/2019 20:28

Foto: Reprodução

Como oferecer petiscos com segurança para o cachorro? Qual a quantidade certa? E a frequência ideal para este tipo de alimento? Como saber se meu cão terá uma boa adaptação a nova comidinha?

Se você tem essas dúvidas, confira cinco pontos importantes que é importante considerar na hora de implementar este alimento no cardápio do seu animal. Com estes cuidados, você certamente promoverá uma vida muito mais saudável e equilibrada para o seu bichinho. Confira:

1- Não dê ouvidos aos pedidos constantes
A gente sabe que a carinha que eles fazem podem tornar este fator um tanto quanto difícil. Mas, acontece que você inevitavelmente deverá aprender a resistir a estes olhares tão meigos. Afinal, eles não sabem que o ato de comer o petisco pode ser prejudicial para a saúde e com isso, vão sempre pedir.

Caberá a você, portanto, manter o equilíbrio e impedir que a “tentação” seja mais forte. No começo, pode ser um pouco difícil, mas você se acostuma com o tempo. Desse modo, procure criar uma rotina para dar os petiscos, e não fuja dela. E quando o cão insistentemente “pedir” para que você dê, em um momento que não é apropriado, procure sempre desviar a atenção do mesmo com outra coisa, como brincadeiras, por exemplo.

2- Siga as instruções da embalagem
Outra dica muito importante de como oferecer petiscos com segurança é prestar muita atenção a embalagem do produto. Lá, normalmente virão indicadas as quantidades de acordo com tamanho, peso e raça do animal. Assim, você já estará cumprindo com o que é esperado, sem exagerar.

Além disso, na embalagem é possível saber um pouco mais sobre a composição do alimento. E ao saber a composição, poderá pesquisar mais informações sobre o mesmo. E assim, garantirá que o que você oferece é de qualidade e realmente pode ser consumido pelo seu pequeno amigo.

Leia a matéria completa no Portal do Dog

Últimas notícias