metropoles.com

Fiesp: Luciano Huck e Paulo Hartung assinam carta de apoio a Josué

Na semana passada, oposição informou que Elias Miguel Haddad, um dos vice-presidentes da Fiesp, assumiu o comando interino da instituição

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Imagem colorida da fachada do prédio da Fiesp com logotipo das entidades- Metrópoles
1 de 1 Imagem colorida da fachada do prédio da Fiesp com logotipo das entidades- Metrópoles - Foto: Reprodução

Em meio à guerra política deflagrada na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o empresário Josué Gomes da Silva, presidente destituído da entidade, recebeu o apoio de nomes como o apresentador de TV Luciano Huck, o ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung, o ator Antonio Fagundes e outros integrantes do conselho superior de economia criativa da instituição.

Em carta divulgada no fim de semana, Huck, Hartung, Fagundes e os demais signatários do documento pedem pacificação na principal entidade da indústria brasileira.

“Repudiamos veementemente quaisquer tentativas de afastá-lo da presidência da entidade. Defender a democracia e resgatar a importância política da Fiesp no debate público, coisas que o senhor tem feito com tanta competência, deveriam ser motivo de honra e aplauso de todos os membros da entidade”, diz o texto, dirigido a Josué. “O que mais precisamos neste momento no Brasil é pacificar e dialogar com toda a sociedade e testemunhamos seu empenho nessa direção.”

A carta de apoio ao presidente destituído da Fiesp também é assinada pelo ex-secretário municipal de Cultura de São Paulo Alê Yousseff, pela presidente do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), Elizabeth Machado, pelo produtor musical KondiZilla e pelo presidente da Central Única das Favelas (Cufa), Preto Zezé, entre outros nomes.

Como noticiado pelo Metrópoles no fim da semana passada, o grupo de oposição a Josué emitiu um comunicado informando que Elias Miguel Haddad, um dos vice-presidentes da Fiesp, havia assumido a presidência interina da instituição.

Horas depois, Josué divulgou uma nota na qual afirma que recebeu a notícia da posse interina “com absoluta surpresa”. O empresário define a atitude de Elias Miguel Haddad como “isolada, desproporcional e irresponsável”, que pode provocar “riscos econômicos, jurídicos e trabalhistas” para a entidade.

Alvo de pequenos sindicatos patronais ligados ao ex-presidente da Fiesp Paulo Skaf, Josué Gomes da Silva já havia recebido o apoio de nomes de peso da economia brasileira, como o ex-presidente do Banco Central (BC) Armínio Fraga e a banqueira Neca Setubal.

Integrantes do chamado Comitê de Defesa da Democracia, grupo composto por investidores, intelectuais, empresários e sindicalistas, divulgaram uma carta de apoio a Josué e em repúdio à sua destituição na Fiesp.

Em agosto do ano passado, o comitê organizou um ato em defesa da democracia, que reuniu centenas de pessoas no Largo de São Francisco, na Faculdade de Direito da USP. O movimento pedia respeito ao processo eleitoral e se tornou um ato de oposição ao então presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição.

Em assembleia realizada na Fiesp no dia 16 de janeiro, os sindicatos aprovaram, com 47 votos favoráveis, duas abstenções e apenas um contrário, a destituição de Josué da presidência da entidade. Antes do placar final, os sindicatos votaram, por 62 a 24, pela reprovação dos argumentos do empresário aos questionamentos sobre sua atuação na presidência da Fiesp.

Em entrevista ao Metrópoles, o jurista e ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior, advogado de Josué, classificou a assembleia como “clandestina” e disse que ele deve ser anulada na Justiça.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNegócios

Você quer ficar por dentro das notícias de negócios e receber notificações em tempo real?

Notificações