*
 

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em ingês) anunciou nesta quinta-feira (1º/2) que 28 atletas russos punidos por doping tiveram suas penas anuladas.

A entidade recebeu recursos de 42 atletas da Rússia contra a medida sancionada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), no entanto, apenas 28 deles conseguiram invalidar suas respectivas penas.

Mesmo assim, nenhum dos 28 atletas russos possui o direito de disputar os Jogos Olímpicos de Inverno, em PyeongChang, que começará no dia 9 de fevereiro, já que dependeriam de convites do COI.

“Não ser sancionado não confere automaticamente o privilégio de um convite. Nesse contexto, também é importante notar que o Secretário Geral do CAS garantiu que a decisão da Corte não significa que esses 28 atletas sejam declarados inocentes”, escreveu o COI em nota.

Segundo o CAS, os 28 atletas que foram absolvidos não tiveram evidências suficientes para comprovar que violaram o exame antidoping. Outras 11 apelações foram aceitas parcialmente e outras três ainda serão julgadas.

Por conta do escândalo de doping no esporte da Rússia, o país foi parcialmente banido dos Jogos Olímpicos de Inverno, e seus atletas disputarão os jogos sob bandeira neutra.