Papa aumenta representação feminina em conselho da Igreja

As mulheres serão consultoras da Secretaria-Geral do Sínodo dos Bispos, principal órgão de representação do episcopado católico

Chris Jackson/Getty ImagesChris Jackson/Getty Images

atualizado 24/05/2019 19:40

O papa Francisco nomeou pela primeira vez mulheres como consultoras da Secretaria-Geral do Sínodo dos Bispos, principal órgão de representação do episcopado católico.

As indicações foram anunciadas nesta sexta-feira (24/05/2019), no âmbito do desejo de Jorge Bergoglio de ampliar a participação feminina nos processos decisórios da Igreja.

As nomeadas são Nathalie Becquart, ex-diretora de evangelização da Conferência Episcopal da França; Alessandra Smerillo, professora de Economia na Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação Auxilium, de Roma, e conselheira do governo do Vaticano; María Luisa Berzosa González, diretora da federação colombiana Fé e Alegria; e Cecilia Costa, professora de Sociologia na Universidade Roma Tre.

Com exceção de Costa, todas as escolhidas pelo Papa são freiras.

Últimas notícias