Qual a tragédia por trás de vídeo de mulher fugindo seminua nos EUA?

Policiais do Texas identificaram a mulher das imagens que viralizaram nas redes sociais e o que realmente aconteceu

Reprodução/Facebook

atualizado 01/09/2018 19:54

O vídeo de uma mulher seminua e com restos de algemas tocando campainhas na cidade de Montgomery, no Texas esconde uma história de crime e abuso sexual. Segundo a polícia o namorado, identificado como Dennis Ray Collins, 49 anos, já respondeu por crime semelhante.

O homem foi encontrado morto em casa, com marca de tiro no peito na quarta-feira (29/8). O nome da mulher não foi divulgado, pois ela é tratada como vítima de violência sexual e rapto.

Um bilhete de suicídio foi encontrado com ele, que teria tomado a decisão de tirar a própria vida depois que o vídeo da mulher viralizou na internet.

A vítima, de 32 anos, apareceu em imagens de câmeras de segurança batendo em portões de casas da região próxima a residência dela, onde morava com Collins. Veja o vídeo:

Sem conseguir ajuda, ela acabou indo ao próprio carro e fugiu para a casa da família, em Dallas. Em uma das imagens nas redes sociais, a mulher aparecia tocando a campainha de uma casa e, em seguida, desapareceu, segundo relato do dono da residência.

Repercussão nas redes sociais
Uma das vizinhas de Collins é que divulgou o vídeo gravado por uma das câmeras da vizinhança, que estava no grupo de Facebook dos moradores. Como ninguém conhecia a moça, as imagens foram publicadas numa tentativa de encontrá-la.

Os policiais chegaram à casa dele depois de receberem um telefonema da ex-esposa dele. Ela contou que ligou para Collins após reconhecer a atual namorada do homem nos vídeos que viralizaram e que ele teria ameaçado o suicídio ao saber da divulgação do caso.

Últimas notícias