*
 

Uma professora, responsável pela encenação de Ação de Graças em uma escola dos Estados Unidos, arrancou o microfone das mãos de um menino autista de seis anos. O vídeo postado pelo pai do garoto, Kent Squires, mostra o momento em que a criança se preparava para falar e foi bruscamente interrompida.

Caleb, que interpretava o peru na peça infantil, começou a chorar após a professora retirar o microfone de suas mãos. Indignado, Kent colocou o vídeo no Facebook. Na tradição norte-americana, o dia de Ação de Graças é comemorado com uma ceia, na qual a ave é servida como prato principal.

“Esse é o meu garoto durante a peça de Ação de Graças. Ele tem autismo, um grande coração e está sempre feliz. Isso posto, vejam o que essa professora fez com ele”, escreveu o pai em um post.

A mãe do menino, Amanda Riddle, também desabafou sobre o comportamento da professora. “Meu filho é um pouco diferente, eu sei, mas ele é um amor de menino e é carinhoso com todo mundo”, escreveu. Segundo ela, Caleb queria apenas imitar o som que a ave faz.

O responsável pelas escolas do condado de Harrison, Mark Manchin, afirmou, ao jornal Metro, que a atitude da professora no vídeo é preocupante. Ele garantiu que será feita uma investigação para saber se ela agiu de forma deliberada ou se tudo não passou de um mal-entendido.

 

 

COMENTE

estados unidosautismo
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo