Professora é presa após jogar desinfetante em alunos sem máscara

Christina Reszetar, de 51 anos, é acusada de abuso infantil sem grandes lesões corporais

Uma professora do ensino médio em uma escola de Largo, na Flórida (EUA), foi demitida sob acusação de borrifar desinfetante em ao menos quatro alunos que não usavam máscara de proteção contra a Covid-19. De acordo com o jornal The Hill, Christina Reszetar, de 51 anos, nega as acusações.

Conforme relatório policial, a educadora teria pedido para os meninos colocarem as máscaras, ao que eles teriam recusado. A partir daí, Christina teria borrifado um frasco com desinfetante nos rostos dos alunos.

Professora de matemática na Largo Hugh School há dois anos, ela foi escoltada do local pela polícia e levada à Cadeia do Condado de Pinellas. A americana é acusada de abuso infantil sem grandes lesões corporais.

Durante seu julgamento, Christina pediu para o juiz verificar imagens de câmeras de segurança. Segundo ela, o episódio não teria acontecido. Em 8 de janeiro, após um dia presa, a mulher deixou a cadeia sob fiança.