Por não usar máscara, homem foragido há 20 anos na Polônia é preso

Suspeito foi levado para um centro de detenção preventiva e deve cumprir a sentença que o condenou a 25 anos de prisão

atualizado 04/01/2022 21:22

Igo Estrela/Metrópoles

O fato de se recusar a utilizar a máscara de proteção contra a Covid-19 dentro de uma loja levou um homem a ser preso em Varsóvia, na Polônia. O mais intrigante é que ele foi condenado há mais de vinte anos por assassinato, segundo informações do Estadão.

“O indivíduo foi preso pela Polícia no distrito de Bielany por não usar máscara”, informou a subinspectora Elwira Kozlowska, da polícia no distrito de Bielany.

O homem, de 45 anos, foi levado para um centro de detenção preventiva e deve cumprir a sentença que o condenou a 25 anos de prisão.

Kozlowska se recusou a dar detalhes sobre o assassinato pelo qual o detido foi condenado.

Mais lidas
Últimas notícias