Boris Johnson pede ao Parlamento eleições antecipadas

O primeiro-ministro britânico espera que a União Europeia adie o prazo do Brexit, apesar de ele ser contra a ideia

atualizado 24/10/2019 17:54

Steve Back/Getty Images

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, propôs, nesta quinta-feira (24/10/2019), a convocação de eleições antecipadas para o dia 12 de dezembro. Em entrevista à BBC, Johnson pediu apoio aos deputados e afirmou que essa seria a condição para dar mais tempo ao Parlamento para discutir a saída do Reino Unido da União Europeia, processo conhecido como Brexit.

O primeiro-ministro tentou agilizar a tramitação do tratado de Brexit na Câmara dos Comuns, mas acabou travado pelos parlamentares. A saída da UE está marcada para a próxima quinta-feira (31/10/2019).

O Parlamento aprovou um pacote de leis que regulamenta o Brexit, mas não o acordo em si. “Se eles genuinamente querem mais tempo para estudar esse excelente acordo, então eles podem tê-lo, mas terão de concordar com uma eleição geral em 12 de dezembro”, disse o premiê.

As próximas eleições estão previstas para 2022 mas o governo, que perdeu a maioria após a rebelião dos 21 deputados conservadores, vem tentando antecipá-la.

Últimas notícias