*
 

O Serviço Secreto norte-americano confirmou que o homem que deu um tiro em si mesmo quando estava perto da cerca que protege a Casa Branca faleceu devido à gravidade do ferimento. O presidente Donald Trump e a primeira-dama, Melania, estavam na Flórida no momento do incidente. A Casa Branca afirmou que o republicano foi avisado do ocorrido.

As autoridades tentam agora notificar a família do falecido. Eles ainda não divulgaram o nome do autor do disparo. Segundo Mason F. Brayman, do Serviço Secreto, o homem se aproximou da cerca da Casa Branca perto do meio dia, horário local, e atirou diversas vezes. Nenhum dos disparos foi direcionado ao prédio, acrescentou Brayman.

Após o incidente, o serviço secreto criou um perímetro de segurança em volta da Casa Branca, limitando o acesso ao local. Fonte: Associated Press.