Papa aparece em cadeira de rodas após dois meses de infecção no joelho

O problema fez o líder religioso cancelar ou reduzir compromissos, celebrar missas sentado e caminhar com dificuldade

atualizado 05/05/2022 12:44

Papa Francisco em cadeira de rodasVatican Media

O papa Francisco apareceu em público em uma cadeira de rodas nesta quinta-feira (5/5), no Vaticano. Isso acontece dois meses após uma inflamação no joelho, que o fez cancelar ou reduzir compromissos, celebrar missas sentado e caminhar com dificuldade.

Apesar das preocupações com a saúde, o pontífice afirma que os médicos darão injeções na perna afetada para permitir o retorno da mobilidade.

Mesmo com essas dificuldades, o papa tem tomado uma posição ativa contra os ataques russos sobre a Ucrânia. O tema tem sido recorrente nos discursos do líder religioso desde o início do conflito europeu, em fevereiro.

Ainda na quarta-feira (4/4), Francisco foi criticado pelo patriarca Kirill, líder da Igreja Ortodoxa Russa, que o repreendeu. O católico havia criticado o russo pelo apoio a Putin na invasão. Disse que Kirill “não pode ser um coroinha de (Vladimir) Putin”. O religioso russo e o presidente Putin são próximos.

Ainda na quarta-feira, o Kremilin informou que, por ora, não aceitou um pedido do Vaticano para o papa e Putin se reunirem. Segundo o governo russo, não houve acordo para esse encontro.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias