*
 

Pelo menos 31 pessoas morreram no naufrágio de uma balsa durante uma tempestade no arquipélago de Sulawesi, na região central da Indonésia, nesta quarta-feira (4/7). De acordo com a imprensa do país, a embarcação levava 164 passageiros e tripulantes. Segundo testemunhas, ao ser surpreendido pela tempestade, o capitão decidiu, apesar da água a bordo, encalhar o navio perto da costa.

As equipes de resgate, ao chegar no local, encontraram dezenas de sobreviventes agarrados ao navio seminaufragado. O diretor dos transportes marítimos da Indonésia, Agus Purnomo, afirmou que os passageiros ficaram presos no local a noite toda e só foram resgatados pela manhã.

Ainda segundo ele, o capitão e o armador do navio foram os últimos a deixar a embarcação. Três pessoas ainda estão desaparecidas, provavelmente presas dentro da balsa. O navio de 48,5 metros de comprimento também transportava carros, caminhões e ônibus. Ele tinha saído na última terça (3) do porto de Bira e se dirigia à ilha de Selayar, até que começou a ser tomado pela água, devido às ondas muito altas.

O arquipélago de Sulawesi é palco constante de naufrágios, sendo que o último deles havia sido no dia 18 de junho, quando uma embarcação de madeira afundou em um lago vulcânico na ilha de Sumatra, deixando cerca de 164 mortos.